sexta-feira, 4 de maio de 2012

Ila em Fatos #26

Ila em fatos, escrevo em diários, ilustração by ila fox

Assim que aprendi a escrever com a saudosa Cartilha Caminho Suave, desandei a escrever meus primeiros diários. Eram pequenos registros do dia, do tipo “Hoje a Mamãe fez macarronada”, em folhas de sulfite grampeadas.

Mas foi na adolescencia, usando um diário de verdade com cadeado, cheirinho e páginas coloridas, que a palavra “diário” ganhou outro sentido. Era nele que eu filosofava sobre meus dilemas existenciais e paixonites platônicas. Tudo contado de forma dramática e intensa, como só um adolescente sabe fazer. Um dia desses resolvi ler um desses diários, até perceber que muitas páginas estavam escritas em códigos e eu não entendia mais nada! fuuuuu!

Com meus 20 e poucos anos deixei de lado os diários de papéis e parti para os diários digitais, com senha criptgografada e tudo (não que houvessem grandes segredos nesta fase da vida, mas que é sempre divertido criar um mistério né? hehe).

As vezes gosto de reler estes diários, as vezes não. As vezes me surpreendo comigo, me acho genial, as vezes me acho uma chata reclamona. As vezes tenho saudades, as vezes não gosto nem de lembrar. Enfim... Um passatempo divertido é ver o que eu estava fazendo numa determinada data através dos anos e ver que as vezes alguns dias tem ligações mágicas entre si. Por exemplo:

No dia 4 de Maio de 2007 foi quando chamei meu pai que viajou até Londrina para me salvar de um ex maluco que não largava do meu pé. No dia 4 de Maio de 2008 eu estava muito decepcionada e terminando com outro namorado (pois é, a fila anda né). Em 4 de Maio de 2009 eu estava embarcando, feliz e faceira, pra Paris com o Ricbit, rumo a nossa inesquecível Lua de Mel! Viu como o mundo dá voltas?? hehe.

Mas melhor que ver o quanto nossa vida pode tomar rumos inesperados é perceber o quanto nosso jeito de encarar a vida muda com o passar dos anos. E lá na frente, quando eu ficar gagá e esquecer até do meu nome, vou recorrer às minhas anotações para descobrir quem eu sou. Isso, claro, se eu lembrar das senhas de todos os diários...

E vocês, tem hábito de escrever em diários? Contem pra mim!

24 comentários:

  1. Oi Ila,
    Pois então... Sempre adorei diários,tinha vários. Porém,como não eram digitais,com o tempo eu acabei jogando fora e retirando só algumas páginas onde amigas minhas escreveram algo para mim, isso no tempo das agendas, já não mais diários...
    Então,atualmente não tenho mais essa mania de escrever diários, mas não é por falta de vontade..hehe Confesso que já muitas vezes tive vontade de abrir a página do Word,aqui mesmo no trabalho, e encher ele com meus pensamentos,sonhos,coisas que me deixam chateada..rsrs
    ;)

    ResponderExcluir
  2. Quando eu era mais nova escrevia muito em diários, com o passar do tempo esse hábito ficou para trás. Eu tenho boa memória, mas não sei daqui alguns anos...estou rfletindo sobre isso agora...bjs!!!

    ResponderExcluir
  3. Quando era pequena tinha o diário da Sandy e do Junior, que veio em uma revista, rs. Eu amava escrever, e todos os dias cada página tinha um pensamento diferente. Ainda tenho ele guardado, e são sempre histórias começando assim: "Querido diário da Sandy e do Junior, hoje brinquei de lego na casa da vovó o dia inteiro, e ela fez bolo de chocolate. Depois mais à noitinha voltei para casa e andei de patinete. Depois assisti tv com o meu irmão. Ontem na escola foi muito difícil, não sou boa com frações, mas vou melhorar"...kkk, coisas desse tipo mesmo.

    É muito engraçado relembrar esses pequenos fatos do passado, que são sem importância, mas são tão gostosos de relembrar. Um dos piores baques da minha vida foi quando certas pessoas o leram, e usaram alguns dos meus "segredos"(bobos, mas eram meus né), e espalharam por ai. Desde os 7 anos aprendi a não confiar nas pessoas, somente em mim mesma :(

    ResponderExcluir
  4. Oi Tami,
    Então, tinha uma época que não sei se é porque minha vida era uma chateação só, mas eu só usava o diário pra reclamar mesmo sabe? hoje eu dia eu uso mais pra registro do que aconteceu, alguma conclusão, algum comentário... só para poder daqui uns anos descobrir o que eu estava fazendo em determinado dia.

    ResponderExcluir
  5. Oi Ju,
    Então, eu também tenho boa memória (acho que lembro de algumas coisinhas de quando eu tinha 2 anos), mas sei que ter um diário ajuda com isso pois vira um reforço. ;-)

    Oi Gabi,
    Pois é, eu tbm já passei por uma dessa de lerem meu diário às escondidas, principalmente amigas inseguras e ex-namorados ciumentos. :-/

    ResponderExcluir
  6. é interessante mesmo,pois por mais que lembramos, pequenos detalhes é fácil de esquecer. Eu já esqueci de muitos que queria lembrar... =/
    Vou fazer isso também!!

    O Retorno dos diários!!!

    hehehe

    :)

    ResponderExcluir
  7. Que interessante ver como nossa vida muda de um ano pro outro! me lembrei daquele filme One Day onde conta a história de um casal, no mesmo dia, através dos anos. Quem sabe isso ainda vire um livro Ila!! :D

    ResponderExcluir
  8. Oi Nina,
    Eu li o livro ano passado, adorei a história! realmente é curioso poder conferir como nossas vidas caminham pelos anos afora...

    ResponderExcluir
  9. Sim sim, tenho todos os meus diários antigos. Quando os releio não sei se morro de rir ou de vergonha.
    Ainda escrevo, mas bem menos que antes, não por falta de vontade e sim por falta de tempo.

    ResponderExcluir
  10. Oi Consultoria,
    Hahaha é um choque de emoções né? parece até que era outra pessoa escrevendo! X-D

    ResponderExcluir
  11. Justamente hoje, fazendo limpeza, encontrei um antigo diário. Não tenho costume de escrever, por isso quando leio encontro coisas muito antigas. Mas mesmo assim, é bom ler de novo, e relembrar. A última coisa que tinha escrito foi quando começei namorar, já faz dois anos. Hoje, depois de um tempo separados, estamos dando uma segunda chance ao nosso amor. Acho que é uma boa desculpa para escrever outro episódio de meu diário. =D

    ResponderExcluir
  12. Oi Silvinisima,
    Verdade né? as vezes é bom relembrar para resgatar os sentimentos do começo. :-)

    ResponderExcluir
  13. Diário,desde meus 14 anos,tenho tmb est hábito,lembro que descrevia até a roupa que usava.
    Me arrependo profundamente em desfazer de alguns,embora reli antes.
    Mas foi em uma fase de paixonite,enfim ficou a saudade.
    Dias desses reencontrei dois de uma década atrás,li.Confesso,como evoluí,como tudo hj é melhor.O legal de reler um diário,é vc se olhar e ver como cada dia que passa a vida está melhor,saudade tenho sim,mas me sinto muito melhor hj,aprendendo a cada dia e sempre esperando o melhor para amanhã e a saudade das coisas boas,sempre será bom.

    ResponderExcluir
  14. Oi Cacau,
    Também acho isso. Até tenho uma saudades ou outra, mas pra mim nada é melhor do que o presente!

    ResponderExcluir
  15. Comecei a escrever em diários aos 13 anos e não parei mais, até hoje eu tenho esse vício, e agora um dos meus diários está virando uma biografia de uma época da minha vida que esse ano irá virar livro. Mas relamente é muito bacana pegar trechos de coisas tão sem nexo que se escreveu eum dia e ver como os conceitos mudam, eu adorooo escrever ♥

    ResponderExcluir
  16. Oi Tutin,
    Nossa, que legal! quero ficar sabendo quando este livro lançar heim?? ;-)

    ResponderExcluir
  17. Com certeza, será um prazer imenso presentear vc com meu livro :) Afinal sou fã ♥

    ResponderExcluir
  18. Eu comecei fazer diario a pouco tempo no nadademais1

    um abraço!

    ResponderExcluir
  19. O meu blog é uma espécie de "diário público" - eu não falo da minha vida, mas compartilho experiências interessantes (viagens, eventos, descobertas de novas tecnologias, livros, eleições, etc.).

    Depois de alguns anos (comecei em 2000) notei que sempre que releio posts antigos, acabo associando aqueles fatos "públicos" com memórias particulares, então o blog acaba funcionando como uma espécie de índice para o diário que está dentro da minha cabeça (alguns psicólogos diriam que o registro mental não é confiável, mas ele me faz bem, então é o que eu uso :-P )

    ResponderExcluir
  20. Oi Cristiano,
    Legal! ;-)

    Oi Chester,
    Acho muito interessante, é que nem quando perguntam "o que você estava fazendo no dia do 11 de Setembro? se fosse um dia comum ninguém se lembraria, mas todo mundo lembra de cada detalhe daquele dia. ;-)

    ResponderExcluir
  21. https://www.facebook.com/Polly.Cerantola

    Eu sempre tive esta mania. Usava sempre a minha agenda do ano para isso... No final do ano eu dava uma olhadinha em tudo... ria e jogava no lixo. Junto com as más lembranças, sofrimentos e lágrimas... E sempre me prometendo não esquecer os momentos mágicos, emoções inesquecíveis, rs... Mas lendo seu blog acabei me arrependendo deveria ter guardado tudo... Pois minhas agendas eu guardava os papeis de bala que ganhei de uma amiga, os ingressos de cinema, as passagens de viagens, até os recibos de lanchonetes que eu ia com os amigos... No final do ano as agendas nem fechavam... rs Mas todo ilustrava com quadrinhos eu não tinha o dom não... Mesmo hoje, com 30 anos, sinto falta disso... Quem sabe você plantou uma nova sementinha em mim... Obrigada ^^

    ResponderExcluir
  22. Nossa, adoro escrever em diários e agendas. É uma terapia para mim!!! É um hábito que não pretendo deixar!!!

    ResponderExcluir

Para orçamentos, por favor envie um pedido com maiores detalhes, através do meu e-mail profissional ilafox@gmail.com

Ah, e obrigada pela visita e pelos comentários! :-D

Ila Fox
Ilustradora