quinta-feira, 30 de junho de 2011

O Mito do Talento


O mito do talento, einsten, Edison, 10% talento 90% suor, dicas para ilustradores, ilustração by ila fox
Não foi o Einstein que disse isso. Mas bem que poderia.

Se tem uma coisa que me incomoda é quando tiram o mérito do trabalho e da dedicação. Dizer que foi graças ao talento que uma pessoa venceu na vida chega a ser ofensivo, pois é como menosprezar
todo esforço que ela fez para chegar onde chegou. Engana-se quem pensa que criatividade cai do céu, e que basta isso para que todas as portas das oportunidades se abram magicamente.

Você nunca se perguntou a razão de algumas pessoas terem mais sucesso que as outras? Ou por que tanta gente inteligente e talentosa parece nunca sair do lugar? Talento é um fator relevante e que pode fazer a diferença sim, mas sozinho não faz milagre, você precisa de uma boa dose de determinação. É preciso coragem para ter talento.

A diferença entre os que “dão certo” e os que “não dão tão certo” têm a ver com a atitude em relação ao que faz. Esta pessoa não é aquela que sabe muito, mas aquela que se dedica de verdade naquilo que sabe. Uma habilidade sem treino, sem aperfeiçoamento, é arrogância. Orgulho por achar que já sabe tudo e nada precisa ser melhorado.

Bom, esta teoria toda eu aprendi da melhor (ou pior) forma possível, na prática!

O mito do talento, einsten, Edison, 10% talento 90% suor, dicas para ilustradores, ilustração by ila fox
Corre que ainda tem chão!

Passei a infância e adolescência toda escutando o quanto eu “desenhava bem”. Acreditava tanto no meu potencial que relaxei demais. Para mim, que ter talento era beber de uma fonte inesgotável de inspiração.

Até que um dia qualquer de 1999 eu sentei na minha escrivaninha e não tive vontade de desenhar. Nem no dia seguinte, nem no mês seguinte. E também não me esforcei para mudar isso. Achava que quando quisesse voltaria a desenhar sem problemas. Bom, Precisei ficar quase 10 anos neste marasmo para perceber que eu estava errada. Nhé.

Muitos já devem ter se perguntado: “Por que a Ila faz questão de atualizar o blog todo dia?”. Bom, desde que voltei a desenhar, tenho me esforçado para não perder o ritmo. E um jeito que encontrei de manter uma disciplina de treino foi postar um desenho por dia no blog. A “inspiração” precisa te encontrar em movimento.

Foi Paul Klee que disse: “Nenhum dia sem linha”, ou seja, desenhar todo dia, sem falta, nem que seja por alguns minutos. Talvez por isso meu cuidado de estar sempre produzindo. Praticar o meu conhecimento é a melhor forma de evoluir. E eu ainda tenho um longo caminho pela frente.

51 comentários:

  1. Demais esse post, ila! Nossa, como eu conheço gente super talentosa, mas que não dá valor, estimula e aumenta este mesmo dom. Ou aqueles que são talentosos, mas que não respeita prazos, é rude com clientes e não leva a sério a profissão.

    Estava até mesmo falando sobre isso essa semana. Não basta sem talentoso na nossa profissão. Tem que respeitar deadlines, tem que ser educado, tem que se relacionar bem, escrever bem, tem que ralar muito, tem que ir atrás, prospectar.

    E até entendo as pessoas que atribuem todo o sucesso de outra pessoa à um talento. Dessa forma elas ficam mais tranquilas, achando que uma pessoa precisa de algo quase sobrenatural para se dar bem na profissão. Só que não é bem assim, nós sabemos :)

    ResponderExcluir
  2. Oi Carol,
    Né? o talento (que é só uma predisposição para certa habilidade) existe, mas precisa ser cultivada e LEVADA A SÉRIO. Com rotina de treino e disciplina, igual musculação mesmo, senão atrofia. hehe. ;-)

    ResponderExcluir
  3. Nenhum dia sem linha! Nenhum dia sem suor! Nenhum dia sem querer melhorar! Mesmo que seu 'longo caminho pela frente' dure somente até amanhã, ainda restará um dia.

    Quando tinha bem mais de 90 anos, perguntaram ao grande artista japonês Hokusai o que ele faria se tivesse mais dez anos de vida. Ele respondeu: aprenderia a desenhar...

    Adorei seu post, Ila! Continue evoluindo, suando e fazendo linhas. Sou testemunha do quanto isso te amadureceu e te fez bem como artista!

    Um beijo:

    Morandini

    ResponderExcluir
  4. Uma frase,que meu professor disse um dia que eu não me esqueci,não sei se você á conhece?

    "Tudo se consegue,quando colocamos a vontade,acima da inteligência"

    Com certeza,a prática nós leva a perfeição!

    Abço!

    ResponderExcluir
  5. Morandi,
    Muito boa a frase do Hokusai! humildade de assumir que aprendizado nunca deve parar...
    E obrigada pelo apoio! :-D

    Cacau,
    Por isso que sempre digo quando me perguntam uma dica para aprender a desenhar: praticar sempre, sempre, sempre!

    ResponderExcluir
  6. é verdade, muita gente se acomoda por achar q já sabe tudo e não precisa mais se aperfeiçoar ou buscar desafios.

    Não é à toa que você tem evoluído tanto ^^ É o que sempre digo, se você quer algo você tem que ir atrás pra conseguir, tudo tem a necessidade de se praticar sempre, até pra vc poder aprender coisas novas q sempre surgem.

    A gente tem q ter em mente que falta algo para melhorar e assim continuar evoluindo, por isso que seu trabalho está crescendo ^^/
    Parabéns ^^

    ResponderExcluir
  7. Ariane,
    Pra pessoa evoluir ela tem que assumir que precisa aprender mais. Eu gosto do meu desenho, mas estou sempre "insatisfeita" com ele. Sei que posso mais que isso, então tenho que estudar muuuuito ainda...

    ResponderExcluir
  8. Ótimo post Ila! Eu também dei essa relaxada no passado, pois me diziam "vc nao precisa fazer curso, já sabe desenhar" etc, e eu acreditei por ser cômodo.

    Um outro fato que contribui: Há muitos estudos psicológicos que dizem que o ideal ao elogiar uma criança é elogiar pelo esforço feito, e não o "talento", para que a encorage a se esforçar mais, senão a que acha que tem o "Dom" desiste mais fácil diante de obstáculos. Adivinhe em q time eu estive por um tempo?

    E agora é recuperar o atraso! Boa evolução para nós! =D *brinde com tacinhas de champagne ;)

    ResponderExcluir
  9. Eiko,
    Eu também estava no outro "time", snif. E bem interessante este estudo psicológico, faz todo sentido. ;-)
    Ainda bem que recomeçamos. :-D

    ResponderExcluir
  10. Eu sempre treino computação em casa, normalmente no site www.spoj.pl

    ResponderExcluir
  11. Vocação não é nada,sem talento,habilidade e prática,os três tem que andar bem de pertinho,ai a mágica se faz.
    angela

    ResponderExcluir
  12. Oi Angela,
    Ter talento é como se fosse um "bonus", mas não é o primordial. Já vi gente que não tem taaanto talento para desenhar, mas é tão genial, e gosta tanto do que faz, que fica muito bom! ;-)

    ResponderExcluir
  13. Muito legal o post, eu tive um tempo que ficava muito desconfortável quando mencionavam que a minha habilidade para desenho era um "dom". Parece que resumiam todo a pratica da vida toda desenhando em uma palavra de 3 letras.
    Mas dai percebi que estava sendo um tanto mesquinho, por que as pessoas estavam me elogiando, mesmo que resumindo toda uma trajetória para chegar no meu nível de desenho atual.
    Hoje aceito numa boa o elogio de quando dizem que tenho um ótimo talento, mas ainda tem uma coisa que me irrita um pouco, é quando perguntam " você já fez curso?" essa pergunta em sua maioria tem a intenção de reforçar que a pessoa só tem talento, que se não fez curso, quer dizer que o talento agiu sozinho e deu a habilidade para seu dono. E se a resposta for " sim já fiz curso" tenho a impressão que meu talento, caiu pela metade para aquela pessoa.

    Bom, é bom entender que as pessoas em geral não tem noção de todo o treino que os artistas fazem para cada vez mais melhorar sua arte, e a intenção normalmente é elogiar o trabalho do artista quando falam "ah mais é talento".

    Mas ainda acho estranho o uso do termo, por que esse talento que o publico em geral fala, está em constante mudança, eu estou tentando melhorar meu talento a cada dia, e provavelmente isso não terá fim, por que o talento é uma coisa abstrata, e não concreta como parece na afirmação daqueles que elogiam com essa palavra.

    ResponderExcluir
  14. Jeff,
    Eu não acho ruim quando dizem que tenho talento, só fico incomodada quando acham que tudo fica fácil e simples só pq tenho uma habilidade específica sabe? tipo, quando dizem "Nossa, com o seu talento até eu chegava lá!" sabe? a pessoa acha q basta tem uma aptidão que tudo vai dar certo, sem esforço nenhum, e não é bem assim. ;-)

    ResponderExcluir
  15. é então ila, é bem por ai mesmo, é por isso que disse que teve uma época que me sentia desconfortável quando falavam do meu talento, por que parece dar a conotação de que veio sem esforço. Fico feliz por haver pessoas que apreciem meu talento com desenho, mas também fico incomodado quando falam de maneira que parece que não tive que me esforçar para chegar aonde cheguei, e o talento fez todo o trabalho.

    ResponderExcluir
  16. Ricbit (nhé, só agora vi seu comentário!)
    Eu bem vejo vc treinando todo dia mesmo, é igual musculação cerebral né? tem que praticar sempre, senão atrofia as idéias, hehe. ;-)

    ResponderExcluir
  17. É, é isso aí. Dia desses me peguei pensando sobre esforço. É nesta linha de pensamento. Muito bom.
    =)

    ResponderExcluir
  18. Oi Denise!
    Sim! temos que nos esforçar, correr atrás e suar a camisa! ;-)

    ResponderExcluir
  19. Adorei o post e concordo muito. Me lembrou uma frase de Goethe: "Genialidade é esforço."

    Eu desenhava bem e muito quando criança, fui parando e hoje estou péssima... hehe... Mas ainda gosto muito de arte, não tem jeito, acho que as coisas da nossa infância sempre permanecem conosco... Seu blog me dá muita vontade de desenhar de novo!
    Bjo e obrigada

    ResponderExcluir
  20. Oi Val!
    Que bom saber que meu blog inspira! Bom, alguns talentos temos que deixar para trás para dar espaço a novos talentos. Meu marido gostava de desenhar na infância, sempre foi um aficionado por gibis. Mas deu espaço a outro talento dele que são contas de matemática e programação, e hoje ele trabalha com isso. ;-)

    ResponderExcluir
  21. Post fodastico!! e isso quando não dizem que é um dom que Deus te deu, então você devia fazer o desenho de graça! -_-'

    ResponderExcluir
  22. Marcus,
    Bem por aí, se quem tem talento tivesse que fazer as coisas na faixa, o Todd MacFarlane estava pobre! X-D

    ResponderExcluir
  23. mto bom
    realmente incomoda quando a galera vem e acha que nosso trabalho é apenas fruto de um talento, um dom divino e não enxergam o quanto de esforço foi necessário pra chegarmos a tal ponto

    e otima citação do Paul Klee
    é meu artista favorito

    ResponderExcluir
  24. Ryot,
    Devem achar que o nosso esforço é como o de pedir o nº1 no mcdonalds. Tudo rápido e pronto. Sem esforço nenhum. :-P
    Nem imaginam o quanto é trabalhoso manter este "talento". :-P

    ResponderExcluir
  25. Eu fico puto quando dizem: tem talento...ou tem potencial..

    Ignora todas as noites viradas, horas de estudos, garrafas de cafés e materiais gastos...

    ResponderExcluir
  26. Thiago,
    Sim, até acho que o que as pessoas chamam de "talento", seja na verdade uma certa facilidade para aprender determinada habilidade, o que acaba dando uma certa "vantagem" em relação as outras pessoas. Mas se não treinar, se não praticar, se não tiver amor por aquilo, de nada serve.

    ResponderExcluir
  27. Juliana Bispo01 julho, 2011

    Que legal este post, vc é uma pessoa bem determinada e isso vai fazer com que vc tenha cada vez mais sucesso, seus posts me fazem bem.

    ResponderExcluir
  28. Juliana,
    Obrigada! temos que ser determinados, se não formos, quem será pela gente né? ;-)

    ResponderExcluir
  29. ila, não é atoa que você é uma ótima ilustradora!^^
    No meu caso, eu achava que não tinha muito talento, então passava boas horas lendo, rabiscando, copiando e estudando de tudo só para aprimorar meus traços.E com isso acabei também 'suando' muito.Acho quem quer algo de verdade, consegue a cada dia aquilo que quer.

    ResponderExcluir
  30. Oi Bruno!
    Sim tem muitos ilustradores que começaram tarde e se sairam muito bem por praticar de verdade.
    Hoje mesmo na Ana maria Braga mostrou um carinha que era Moto Boy, mas resolveu se dedicar de verdade nos skates, e hoje ta la na California num campeonato! ;-)

    ResponderExcluir
  31. Lindo e inspirador o seu post, Ila!
    Parabéns.

    P.S.: Me inspirarei nela no dia-a-dia. ;-)

    ResponderExcluir
  32. Olá Ila,tudo bom? Muito inspirador e verídico seu post! Parabéns por fazer muitos acordarem neste sentido...eu sou uma que estou no marasmo,mas eu tenho como álibi 1 trabalho e uma segunda faculdade,que me "impedem" de prosseguir (por enquanto) na jornada... Escrevendo agora,me deu até vontade de colar seu post aqui na frente do meu computador servindo de esporro pra minha acomodação... heheehe Há tempos atrás,eu pensava justamente isso! Que se todo mundo dizia q eu era fera,eu não precisaria me esforçar,que uma hora em que eu quisesse desenhar,eu ia voltar tranquilamente,sem ter nenhuma dificuldade..ledo engano!Falta de treinamento é um sr. castigo da vida...
    Abraços!

    ResponderExcluir
  33. Ila,

    Essa coisa de não perder o ritmo e de acompanhar o talento com a prática contínua se aplica igualmente à programação. A falha em observar isso (particularmente quando a pessoa começa a assumir responsabilidades que não envolvem o contato direto com a programação em si) é um dos pilares da Dilbertificação de tantas empresas por aí...

    []s,
    Chester

    ResponderExcluir
  34. RDreamer,
    Temos que estar sempre nos policiando quanto a isso. ;-)

    Anna Monteiro,
    Sim, as vezes nossa vida nos cobra uma dedicação maior em outros setores, é assim mesmo. Quando vc tiver tempo é só voltar a se dedicar e tirar o atraso! ;-)

    Chester,
    Sim, advogados, médicos, engenheiros, artistas, matemáticos, etc... tem sempre alguém que é mais inclinado para algo. Quando eu trabalhava fora, sempre me enfiavam na parte de diagramação, coisa que não é bem meu forte. :-/

    ResponderExcluir
  35. Gostei muito desse post!
    Acredito muito no esforço, treino e dedicação.

    E, permita acrescentar uma frase milica ao rol de citações: "você combate como voê treinou".
    beijo!

    ResponderExcluir
  36. Ila, entrei no site que o Ricbit mencionou e fiquei um pouco tensa... rsrs

    ResponderExcluir
  37. Glória,
    Ótima frase esta heim? :-D
    p.s - Tbm fico tensa quando vejo aquele site. O_o

    ResponderExcluir
  38. Nossa, me identifiquei demais!!! Na faculdade eu era até esnobe de tao bem que desenhava.. uns anos depois fui pegar num lapis e.. decepção, não sabia mais nada. Desde entao voltei a treinar e a prezar pelo habito e pelos estudos. Bem feito pra mim, que fui arrogante. rs

    ResponderExcluir
  39. pow, que legal!Viu(do cara do skate)!Eu hoje não trabalho muito bem no que quero,sou balconista(é um pouco cansativo...), mais já vi caso de uma senhora de idade fazer a faculdade,terminar e ainda hoje em dia ela trabalhar no que gosta.

    ResponderExcluir
  40. Tereza,
    Pois é, imagine eu que fiquei parada por 10 anos! agora é correr atrás do prejuízo! hehe

    Bruno,
    Acho que nunca é tarde para ir atrás dos seus sonhos. Cheguei a conclusão que não existe talento, existe paixão por alguma coisa. Tem gente que um dia acorda e descobre que AMA sei lá, surfar. Daí se dedica, estuda e se torna um campeão mundial.

    ResponderExcluir
  41. Concordo Ila tbm desenhava bem , mas perdi o ritmo agora é recomeçar e colocar em pratica aiai não é fácil.
    e as vezes outros trabalhos tomam tempo , mas sempre dou uma olhadinha no seu blog e percebo que tenho que correr. Obrigada pela inspiração tu é ótima PARABÉNS.

    ResponderExcluir
  42. Não sei se alguém falou desses dois livros mas fica a dica é:

    Desafiando o Talento - Mitos e Verdades Sobre o Sucesso - Geoff Colvin

    Fora de Série - Outliers - Malcolm Gladwell

    Aqui eles esmiúçam o tal do "talento"

    ResponderExcluir
  43. Caí aqui meio que por acaso. Tinha acabado de escrever um post mais ou menos sobre a mesma coisa e vim pesquisar mais sobre o assunto.

    Muito bom o texto, tem muito a ver com que eu escrevi. Continue na luta, não é fácil mas os resultados sempre valem o esforço

    Abs

    ResponderExcluir
  44. Faby,
    Quando vejo o quanto evoluí meu traço em um ano, percebo taaaaanta coisa que perdi nos 10 anos que fiquei parada... não podemos vacilar. ;-)

    Anderson,
    Bacana. ;-)

    André,
    Não é fácil mesmo, mas temos que correr atrás, principalmente por ser nossa paixão! ;-)

    ResponderExcluir
  45. Oi Ila: gostei do seu texto. Como é interessante ver o quanto aprendemos com nossas experiências passadas ou com as experiências de outras pessoas. Sabe que eu tenho o mesmo problema, ainda? Sempre que faço algo bem feito, começo a relaxar e acabo voltando à estaca zero... Nossa, seu texto me ajudou bastante. Abração.

    ResponderExcluir
  46. Ila, o que você me diz de alguém que sonha em ser cantor, mas não tem lá aquela voz tão agradável? Meu sonho é subir num palco e ver um monte de gente cantando as minhas musicas, mas não sei se tenho TALENTO pra isso!

    Eu sei que tenho talento pra desenhar, mas as vezes eu acho tão chato kkk. E não é realmente o meu sonho ser um designer. Eu queria mesmo era ser um cantor de sucesso como, hmmm, Lady Gaga hahaha!

    Minha alto-estima também não é das melhores. Já foi bemmmm alta, mas hoje em dia está pelo avesso.

    E eu vi que você já teve depressão, se não me engano.

    Você pode me dar alguns conselhos, falar o que você acha? Obrigado, beijo!

    ResponderExcluir
  47. Oi Davi,
    Cara, sobre ser cantor, não sei como te ajudar exatamente pois... não sou cantora! hehe. Mas arrisco dizer que além de "talento" (ou seja: muito treino e amor no que faz) um cantor de sucesso tem que encontrar um ótimo empresário. Pois é ele que vai fazer o cantor nascer nas paradas ou sumir pra sempre. Beijos.

    ResponderExcluir
  48. Ótimo post! Eu canso de escutar todos esses conselhos!
    E eu passei por isso recentemente: achar que estava tudo bem, e relaxar. Isso definitivamente não existe. Agora estou tentando me recuperar e tirar o tempo perdido, tomando vergonha na cara e praticando!

    ResponderExcluir
  49. Boa a sua postagem porque não precisa fazer alusão somente aos desenhos, mas sim para quaisquer aptidões que a pessoa já tenha nativamente. :D

    ResponderExcluir
  50. Excelente post, Ila! Depois que passou minha infância e adolescência, percebi que não bastava apenas saber e gostar de desenhar... porque, se eu queria realmente trabalhar fazendo isso, teria que ralar muito e além disso, ter muita coragem e determinação, como você disse neste post. Quando essa coragem e determinação chegaram para mim, resolvi mostrar meus trabalhos para artistas profissionais atuantes no mercado, com mais experiência e pedi um feedback, sem medo, com humildade, já esperando as críticas,rs pois sabia que tinha muito o que melhorar. Esse passo, fez toda diferença e com certeza depois disso tenho me esforçado mais para melhorar meus desenhos e conseguir um espaço nesse mercado. Em 1 ano, consegui melhorar bastante e isso dá mais motivação para continuar!

    ResponderExcluir
  51. Muito bom o post, gostei muito do site! Virei fã :)

    ResponderExcluir

Para orçamentos, por favor envie um pedido com maiores detalhes, através do meu e-mail profissional ilafox@gmail.com

Ah, e obrigada pela visita e pelos comentários! :-D

Ila Fox
Ilustradora