sexta-feira, 27 de novembro de 2009

Desafio das 25 Expressões

Esta rolando na internet um exercício muito interessante lançado pela ilustradora Nancy Lorenz, onde o desafio é fazer todas as expressões listadas no modelo.

25 essential expressions challenge ou desafio das 25 expressões essenciais, dicas para ilustradores, by ila fox

A ideia do exercício é praticar os traços e manter uma certa coerência nos sentimentos passados. Acho que é um aprendizado muito útil, pois nem sempre usamos todas as expressões faciais possíveis num personagem.

Quem quiser praticar, é só baixar o modelinho que eu fiz!

quinta-feira, 26 de novembro de 2009

Eu Odeio #1

odeio meu cabelo enquanto está secando by ila fox - ilustração

Sabe quando o cabelo está meio seco / meio molhado? pois é isso. Odeio.

A vontade que dá é correr pro primeiro salão de beleza que ver na frente. O bom é que depois de algumas horas tudo se normaliza. Ou não.

quarta-feira, 25 de novembro de 2009

Jaqueline e Sergio

caricatura colorida, casal, noivos, corpo inteiro, caricatura para casamento, noivinhos Jaqueline e Sergio by ila fox


Esta caricatura fiz para minha amiga Jaqueline que casou com o Sergio.
Ei você que vai casar. Encomende uma caricatura ou faça uma surpresa!

terça-feira, 24 de novembro de 2009

Ila em Fatos #2

ilustração by ila fox: nunca quebrei um osso, nunca tive cáries - ilustração

Nunca quebrei um osso. Nunca tive cáries. Mas não pense que por isso eu nunca brinquei pra valer ou deixei de comer doces. Daí vejo uma criançada com as mães neuróticas, que mal deixam correr numa brincadeira, que mal deixam comer um docinho (que mania chata esta de alimentação saudável heim?). E chego a conclusão que tive sorte por passar ilesa pela infância oitentista.

sábado, 21 de novembro de 2009

Trem Bão Ilustrado #1

logotipo, logomarca Trem Bão Ilustrado BH
E ontem aconteceu o Trem Bão Ilustrado. Encontro mensal de ilustradores de BH, lá na pizzaria Donna Margherita. É a primeira vez que pude participar, e foi bem legal!

A pizza estava uma delícia, a companhia agradável, a conversa boa e a mesa cheia de desenhos!

Neste encontro estavam a Iriam, Sidney, Alcides, Ryot, Stela, Mateus Lima, Dawson Neto, Igor, Regis Luís, e claro, eu e Ricbit.

Pessoal, valeu mesmo pela participação, e que venham outros encontros!

Encontro ilustradores BH Trem Bão Ilustrado, foto, Pizzaria Dona Margherita, Iriam, Sidney, Alcides, Ryot, Stela, Mateus Lima, Dawson Neto, Igor, Regis Luís, Ila Fox, Ricbit
Entre pizzas e desenhos

sexta-feira, 20 de novembro de 2009

Porquê não gosto de Calor

porque não gosto de calor, odeio calor, porque odeio calor, odeio verão, porque odeio verão, by ila fox

É fácil falar que ama o calor, que as pessoas ficam mais bonitas, felizes, saudáveis, quando você está de férias na praia ou na beira da piscina... quero ver gostar de calor nos transportes superlotados, sujos, sem ar. Vai pra Sé de ônibus falar que tá gostoso. Gente bonita e feliz no verão, meus queridos, é só na propaganda! hunf!

quinta-feira, 19 de novembro de 2009

Carapuças #3

carapuça, ele disfarça choro com bocejo, ela vai na igreja para esquecer erros do passado by ila fox

Essa é uma obra de ficção. Qualquer semelhança com a realidade é apenas uma coincidência!

quarta-feira, 18 de novembro de 2009

Qual foi a última vez que você Desenhou?

Crianças sempre desenham. Meninas ou meninos, ricas ou pobres, felizes ou tristes. Todas elas adoram desenhar como se tivessem nascido pra isso.

Mas aí tinha uma coisa que me intrigava. Por que a maioria das pessoas param de desenhar quando se tornam adultas? Falta de incentivo? Falta de talento? Medo de no futuro se tornar desenhista e depender de freelas para pagar as contas? Dúvidas, dúvidas…

Foi só na faculdade que entendi a solução deste mistério. Mas pra isso tive que entender como funciona o processo de desenvolvimento artístico das crianças!

desenho de criança garatuja 1 a 3 anosDe 1 a 3 anos – Fase conhecida como das garatujas. Aqueles desenhos sem muito sentido sabe? Fase adorável em que o petiz descobre as paredes da casa. Não respeita os limites do papel, nem da Mãe. Os desenhos começam como riscos, depois evoluem para círculos, podendo até ganhar os primeiros indícios humanos, como bolinhas no lugar dos olhos.

desenho de criança garatuja 3 a 4 anosDe 3 a 4 anos – A criança já tem mais firmeza para segurar o lápis, pincel, giz ou qualquer coisa em que ela possa expressar todo seu talento de criança arteira. Já dominou as formas e tem intenção de reproduzir algo. Já dá para diferenciar quem é a Mamãe, o Papai e o gatinho no desenho.

desenho de criança garatuja 4 a 5 anosDe 4 a 5 anos – É a famosa fase dos desenhos típicos de criança: casinhas, flores, solzinho com carinha, paisagens, bichinhos… já se preocupa em dar uma aparência mais real usando mais cores, inserindo mais detalhes como cabelos, a cor dos olhos e o nariz grande do titio.

desenho de criança garatuja 5 a 6 anosDe 5 a 6 anos – Já ganham a capacidade de inventar histórias, e não se prendem tanto em retratar a vida real. Imagino que deve ser nesta etapa que os pequenos também ganham a habilidade de inventar uma mentira com começo, meio e fim para enrolar a mamãe na hora do almoço.

desenho de criança garatuja 7 a 8 anosDe 7 a 8 anos – Nesta fase o realismo domina. A criançada já consegue ter noção de profundidade e distancia, inserindo uma certa perspectiva nos seus desenhos. Nesta etapa também é quando a auto crítica reprime a cabecinha deles. Ficam muito exigentes e se frustram fácil se acham que o desenho não ficou legal. É quando muitos param de desenhar.
Eis a solução do mistério!
Na verdade as pessoas não param de desenhar depois de adultas, elas param antes! E é por isso que muitos adultos, mesmo com toda capacidade de observação que tem, ainda desenham como se fossem crianças!

O fato é que sem estímulo, alguns setores do cérebro “atrofiam” sua capacidade.

Como no dia-a-dia nosso cérebro acaba tendo que recorrer mais ao raciocínio lógico do hemisfério esquerdo, na escrita, na fala e na hora de somar a dívida do cartão de crédito, é normal que a criatividade do hemisfério direito fique preguiçoso, dificultando assim desenvolver uma expressão artística.

p.s - Para ilustrar este post tive que desenhar igual uma criança. Não sabia que era tão difícil "desaprender" a desenhar!

terça-feira, 17 de novembro de 2009

Comentários de Filme

comentários atrás caixinhas DVD na locadora by ila fox

Se você já alugou um filme, e depois que assistiu, ficou com aquela estranha sensação de tempo desperdiçado. Sim meu amigo, você foi mais uma das vítimas dos comentários de filme!

Pior é que há uns anos, descobriram que um tal de David Manning era um crítico de mentira, criado pela Columbia Pictures para "elogiar" seus lançamentos? rá!!!

Pois é, acho que não fui a unica a ser enganada!

sexta-feira, 13 de novembro de 2009

Sexta-feira 13

gatos pretos na sexta-feira 13 pós-apagão

E nesta sexta-feira 13 pós-apagão, melhor andar com um óculos de visão noturna para desviar dos gatos pretos. Nunca se sabe se ficaremos no escuro novamente né?

O Apagão

ilustração apagão 2009 by ila fox

quarta-feira, 11 de novembro de 2009

Cada vez melhor

Desde que eu tive acesso aos primeiros blogs, fiquei com vontade de também ter um. Seria um lugar onde poderia publicar meus desenhos, falar sobre a vida, conhecer gente e, quem sabe, até ganhar uns trocados.

Em 2004 cheguei a criar um blog, mas me faltava tempo, apoio moral, inspiração e uma conexão decente para sair do único post, que dizia: “Terra chamando... Terra chamando...”.

E então, eu e o pobre blog paramos no tempo. Foram cinco anos esperando o belo dia em que a inspiração chegasse. Mas não chegou. Quem chegou mesmo foi o Ricbit, que me incentivou a retomar antigos projetos. Salvando assim, eu e o blog do marasmo!

Com o blog há quatro meses no ar, e a todo vapor, decidi que já era hora de deixá-lo mais confortável. Montei um novo layout no Photoshop, e então, abusando mais uma vez da boa vontade do marido, pedi pra ele me ajudar com o novo template.

mudança de template antes e depois by ila fox

Enquanto Ricbit brigava com o html, eu criava um novo cabeçalho. Queria uma imagem que tivesse mais a ver com a temática do blog. Pensei num desenho, uma Ila cheia de ideias brotando da cabeça, todos interligados pelas cores. Aí saiu esta ilustração colorida e feliz. Ficou lindo né?

header cabeçalho vetorial colorido by ila fox

As vezes mudanças são necessárias. Não só no blog, mas nas nossas vidas.

A criação do blog, os desenhos, o carinho das pessoas, o novo template… tudo isso significa muito para mim, pois é reflexo de como me sinto. E assim percebo que estou no caminho certo, e melhor, fazendo uma coisa que adoro!

E que a gente continue mudando sempre, e pra melhor!

terça-feira, 10 de novembro de 2009

Adriana e Raphael

caricatura de noivos na moto, Yamaha TDM 900, noivinhos Adriana e Raphael by ila fox

Mais uma caricatura de noivinhos na moto!
Eles vão usar esta ilustração no convite e nos brindes. Não é chique demais?

sexta-feira, 6 de novembro de 2009

Vicente

Cada pessoa tem seu jeito de lembrar das pessoas queridas que foram “pro lado de lá”. Algumas fazem festas, outras fazem comidas, levam flores, limpam a sepultura, reviram velhos álbuns de fotografias, conversam, cantam, choram. Algumas preferem nem lembrar.

Bom, eu desenho.

Este é meu bisavô Vicente. Ele nasceu em 1910 e faleceu em 2004. Viveu numa geração de muitas mudanças. Acompanhou a evolução do telefone até a chegada da internet. E por isso mesmo não se deixava chocar por qualquer notícia. Sempre respondia com um “barbaridade...” à qualquer novidade, boa ou ruim.

meu bisavô vicente pereira mendonça retrato

Vicente - Grafite e nanquim digital

Poderia escrever muitas coisas sobre ele. Sobre suas histórias, sua letra bonita, as viagens que fazia, os causos do sítio, o amor que sentia pela minha bisavó... Mas me limito a dizer que não existia tempo ruim para meu bisavô. Mesmo no finalzinho, já debilitado, nunca perdeu o bom humor. Quando estava sendo levado de cadeira de rodas para o hospital, brincou com todos imitando uma buzina para saírem da frente. Talvez isso também explique o porque dele ter tido uma saúde de ferro a vida toda. Para ele, o copo estava sempre metade cheio.

Se eu pudesse dizer só uma coisa à ele, diria que sinto saudades de sua risada. E se pudesse dizer mais uma coisa, diria que o Brasil vai sediar as Olimpíadas em 2016. Só para escutar ele dizendo “barbaridade...”.

quinta-feira, 5 de novembro de 2009

Catita in the Sky

E nesta semana saudosa, a gente se pega lembrando de todos que já se foram, inclusive dos animais. Então me lembrei de uma cachorrinha muito querida que tive. A Catita.

catita no céu dos cachorros by ila fox
Desenho realista da Catita tirando um cochilo no céu

Catita chegou em casa quando eu tinha 7 anos. Veio de uma cria que estava para adoção. Meu pai trouxe ela na surdina, pois minha mãe não queria saber de bagunça. Para nossa alegria, acabou ficando depois de muita insistência.

Catita era especial. Viveu sempre muito alegre, discreta e elegante. Era espiritualmente elevada. Mais que muita gente por aí. Fez parte da minha vida durante 15 anos. Para mim, ela representa minha infância e o tempo em que morei com meus pais.

Ela foi pro céu dos cachorros numa tarde de domingo. Estava velhinha e cansada.

Por muito tempo continuei escutando os latidos dela antes de dormir. As vezes ainda escuto.

segunda-feira, 2 de novembro de 2009

Dia das Saudades

ilustração dia de finados, visitando no cemitério, by ila fox

Gosto de pensar que aqueles que amamos nunca morrem, só partem antes de nós.