quarta-feira, 11 de julho de 2012

Eu Odeio #28

Eu odeio taxista perdido, eu odeio quando o taxista se eprde, ilustração by ila fox0

Não sei se faz parte de alguma estrátegia maligna para tirar mais dinheiro do cliente, mas eu odeio quando o taxista é mais perdido que eu. E nem estou falando de quando ele não conhece aquelas ruas obscuras não. Estou falando de ruas centrais mesmo.

Já vi um taxista que disse que trabalhava no ramo há 20 anos, mas incrivelmente não conhecia a rua que ficava na mesma região que estávamos. E outro que entrou na contra-mão?? Pior que isso só taxista que puxa assunto sobre política, futebol e religião. Socorro!

13 comentários:

  1. Quando tava morando em SP, eu tinha que falar um itinerário básico pro taxista... Falava para pegar umas 4 avenidas, virar em tal rua e pronto. Isso em todo táxi que peguei :P Também falava com o intuito de evitar enrolação do taxista (para ele não desviar e deixar o percurso mais caro).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso quando você conhece as ruas, eu nunca me lembro dos nomes. :-/

      Excluir
  2. Uma vez peguei um táxi aqui na frente do trabalho (quando nem dirigia ainda), ai o cara fez uma volta GIGANTESCA para cair na rua ao lado. Eu não deixei barato, pois ele pensava que eu não conhecia o pedaço. Tratei logo de perguntar porque ele não foi pela rua ao lado, e que os 4,00 a mais pela volta eu não iria pagar. Ele inventou a desculpa que não sabia que dava pra ir pela outra rua. AHAM!

    Meu avô foi motorista de família quando era jovem, e até hoje se você pergunta pra ele onde é a rua onde Judas perdeu as botas ele te explica e ainda complementa: "Ai você vira na rua X, depois direita, direita e chegou, esse número fica no meio da rua". É incrível! Costumo chamar ele de guia ambulante! rs
    Beijos Ila!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa Gabi, motorista igual seu avô dá gosto heim?? ;-)

      Excluir
  3. Oi Ila,
    Meu avô tambémfoi motorista de táxi e também sabia todas as "quebradas" em São Paulo. Uma pena que não existem mais motoristas como antigamente. Hoje em dia eu já peguei motorista de táxi bêbado (que não conseguia manter o carro na faixa) e já peguei um que dirigia tão tão mal que só dava fechada nos outros carros eu passei muito mal quando ele resolveu fechar um caminhão! Terrível!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, tem uns que não sei como conseguem se manter na profissão! e aqueles que ficam irritados no transito, acelerando achando que estão numa competição? urgh

      Excluir
  4. Aqui em Sao Paulo sempre olho no google maps qual o melhor caminho para o lugar onde vamos antes de pegar o taxi. Se bem que outro dia um taxista me surpreendeu ao pegar obscuras ruazinhas livres em pleno horário de pico, devidamente armado de GPS. Ao invés de ficarmos horas em congestionamentos nas avenidas mais óbvias, chegamos rapidinho ao destino.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quando é um lugar meio longe eu e Ricbit também damos uma verificada no Google Maps, mas quando é área central eu espero que o taxista conheça. O_o

      Excluir
  5. Eu tenho trauma de taxista perdido, depois de duas vezes eu peguei taxi para não me atrasar, e os motoristas não sabiam como chegar no endereço. Resultado: paguei caro para chegar no mesmo horário que chegaria se tivesse ido de ônibus ¬¬'

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nem fale, fico agoniada quando o taxista está atrasando tudo...

      Excluir
  6. Taxista atrapalhado = Sua carteira mais vazia e a dele mais cheia!
    kkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  7. Santo homem o cientista que inventou o GPS.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. GPS é uma mão na rosa, e no volante!

      Excluir

Para orçamentos, por favor envie um pedido com maiores detalhes, através do meu e-mail profissional ilafox@gmail.com

Ah, e obrigada pela visita e pelos comentários! :-D

Ila Fox
Ilustradora