quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

Vitrine Pessoal

homem pobre, classe média e rico, ilustração by ila fox

Momento reflexão: Você julga as pessoas pela forma como se vestem?

15 comentários:

  1. Pior é que ainda tem "pessoas" que julgam apenas pela aparência...Cruel!!

    Principalmente nas lojas e restaurantes aqui de Floripa (detesto isso)!!

    Beijos, estou sempre acompanhando seus trabalhos ;)

    ResponderExcluir
  2. A ideia é não jugar um livro pela capa. ;-)

    Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Infelizmente as pessoas tem essa mania. Até tem aquele ditado "O hábito faz o monje", mas sei lá. Até gosto de um traje à rigor ou uma roupa mais clássica, mas geralmente me julgam pelas vestes alternativas. Quando ponho algo mais 'sério' ou passo a chapinha as pessoas falam: Que diferente! Não pode ser sempre assim? Acho que cada ocasião exige uma roupa, temos que ser versáteis. Gostei de você ter entrado nesse tema.

    ResponderExcluir
  4. Oi Ila! Costumamos fazer isso mesmo, né!? Até de forma inconsciente! Mesmo por que, a aparência; o modo de se vestir e se portar, reflete - quase sempre - o estado de espírito da pessoa naquele momento! Você como criadora de personagens sabe bem disto!
    Na sua "auto-mini-biografia" que ilustra este blog, tem um exemplo claro. As fotos que você escolheu para representar cada fase de sua vida refletem, de forma sutil, como vc estava em cada momento.
    Não gosto muito da palavra "julgar" (ou seja, não devemos tomar decisões precipitadas), mas acho que a aparência diz muito sobre as pessoas sim!
    Abraços.

    ResponderExcluir
  5. Apesar de não parecer muito certo a maioria faz isso sem querer.

    ResponderExcluir
  6. A verdade é que não queremos ser julgados pelas roupas, ams julgamos pelas roupas. ;-)

    ResponderExcluir
  7. Acho que no mundo de hoje fazemos isso inconsciente mesmo como disse peaga. No nosso mundo onde a violência se encontra onde menos se espera acho que é quase uma precaução. Eu anos atrás sofri um assalto a mão armada em uma parada de ônibus lá em Natal quando morei por lá, o engraçado é que os assaltantes eram dois caras super bem vestidos da qual em outras circunstâncias eu nem desconfiaria, hoje acho q no meu caso o jugalmento é quase automático por causa disso, acho patético dizer mas o medo e a precaução me fazem pensar assim hoje.

    ResponderExcluir
  8. somos educados e ter esse tipo de olhar! 8<(
    vai entender..

    ResponderExcluir
  9. Não tem jeito,o nosso jeito de vestir é o que nos diferencia uns dos outros,por gosto de cores, estilos,excentricidade,ou mais comportada,etc,a maneira que nos apresentamos já diz muito de quem somos,existe uma identidade ai,e podemos mostrar como queremos ser vistos,a roupa nos cobre, substitui a nossa pele,é uma marca pessoal, um estilo,estão ai as grandes máquinas da moda pra confirmar isso.
    angela

    ResponderExcluir
  10. E quem não julga?

    ResponderExcluir
  11. Deixei grande parte do pessoal dar sua opinião, agora é minha vez. ;-)

    Mesmo que o senso comum diga que é feio julgar pela roupa, não tem como negar que somos parte de uma sociedade visual.

    Quando chegamos em qualquer lugar, antes mesmo de falar qualquer coisa, já fomos avaliados pelas pessoas ao nosso redor, é uma coisa feita no subconsciente. Todo mundo faz isso sem perceber.

    Por isso, por mais que vc queira expressar sua personalidade por meio das roupas, deve seguir um bom senso se não quiser ser mal interpretado. Vale o mesmo para não julgar as pessoas sem conhece-la antes.

    Pode ser que você não tenha uma segunda chance de causar uma primeira boa impressão. ;-)

    ResponderExcluir
  12. Oi, ila! Adoro o seu blog, tô sempre vendo. Não sei se vc se lembra, mas eu já pedi uma vez pra vc dar uma espiadinha no meu blog. Ainda tava no início, eu não sabia muito bem o que dizer, só falava sobre Paris e outras paixões minhas, mas agora eu tô colocando umas coisas que são mais a minha cara. Se quizer, dá uma olhada, se não, tudo bem. bj :D
    www.blogdalani.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. Preconceito é algo intrínseco do humano, todos temos preconceito, isto faz parte do humano deis da pré historia, quando um homem das cavernas via uma fruta ele devia fazer um pré julgamento para tentar determinar se aquela frua era ou não venenosa, o mesmo ocorria quando ele via um animal ele tinha que tentar determinar se ele corria atras do bicho para pega-lo ou se corria do bicho para não ser pego.
    Duvido que as pessoas que falaram contra o pré julgamento não façam nem um... quando eles vêm um homem com cabelo mau cortado, barbudo, sujo de simento eles pensam o que? que aquele home é um juiz? e quando vêm um homem elegante em um terno de R$1200,00 eles pensam que aquele homem é um lixeiro? ou um advogado?
    O que não devemos fazer é manifestar nosso pré conceito de forma negativa ou sermos hipócritas, como a maioria ai foi....

    ResponderExcluir

Para orçamentos, por favor envie um pedido com maiores detalhes, através do meu e-mail profissional ilafox@gmail.com

Ah, e obrigada pela visita e pelos comentários! :-D

Ila Fox
Ilustradora