segunda-feira, 21 de março de 2011

Recordar é Viver #16

Quando eu era criança gostava de ficar na calçada conversando com minha vó, ilustração by ila fox

Quando eu ia passar as férias na casa da minha vó (e o calor era muito até de noite) ficávamos todos sentados na calçada conversando. Era tão gostoso. Pena que com tanto assalto e sequestro ninguém mais tem coragem de ficar marcando bobeira na frente de casa.

16 comentários:

  1. Emerson Alecrim21 março, 2011

    Nossa, que bom que você lembrou disso! Meus parentes do Paraná também tinham esse costume. Hoje, ainda o fazem, na verdade, mas se limitam a ficar no quintal :)

    ResponderExcluir
  2. Rafa Fabro21 março, 2011

    Quando eu era pequena, qualquer minuto q a minha mãe dedicava só pra mim, era mais q especial. O que mais me marcou, e uma época que ela tinha um horário q dedicava só pra mim!! O que eu quizesse brincar ou fazer naquele horário, ela fazia comigo. Ela ia caminhar, e eu ia de roller ou de bici do lado, ou eu era a profe e ela a aluna..era maravilhoso. Jamais poderei reclamar da falta de atenção ou de amor por parte da minha mãe! Adoro recordar essa época...e até hj ela ainda vive me mimando e pensando q sou aquela mesma menininha de 12 anos atras. Mãe é mãe :)

    ResponderExcluir
  3. Ah, como é bom relembrar! :D Eu também ficava sentada na calçada de casa, conversando e olhando as estrelas... agora só no quintal mesmo =/

    ResponderExcluir
  4. Alecrim,
    Em Santa Cruz o pessoal só faz isso nos bairros mais distantes ou humildes. :-(

    Rafa Fabro,
    Uma coisa que acho que ninguém mais tem saco de fazer em familia é conversar sabe? ainda bem que minha infancia foi regada de muita conversa de adultos. ;-)

    Giseli,
    Hoje em dia a gente só fica na sala conversando mesmo. :-(

    ResponderExcluir
  5. Recordar é viver mesmo! eu tbm fazia isso, mas depois meus avós mudaram para para um apartamento e acabaram os momentos!

    ResponderExcluir
  6. Isso também acontecia em casa! o/

    Depois da janta e do jornal, todos ficavamos lá fora de conversa, eta tempo bão que não volta nunca mais sô!

    Que delicia de desenho, parabens!

    ResponderExcluir
  7. Nina,
    Meus avós ainda moram em casa, mas parece que ninguém mais tem coragem de ficar na calçada. :-(

    Josi,
    E também quando tinha horário politico! hehe

    ResponderExcluir
  8. Era bem gostoso mesmo. Ainda + que eu sô do interior do RS, da serra, e era bem calmo!
    Mas hoje, infelizmente ñ dá, tanto por causa do perigo quanto a distância. :-(

    --
    Le

    ResponderExcluir
  9. Le,
    Nossa, até na serras do interior do RS não é mais calmo? perdi a fé na humanidade! achei que fosse tão bucólico.

    ResponderExcluir
  10. Uma das melhores lembranças da minha infancia são estas. Consigo até sentir o cheirinho da rua da casa da minha vó. Saudades! U_U'


    Ludmila

    ResponderExcluir
  11. Ludmila,
    Nossa aquele cheirinho de dama da noite...

    ResponderExcluir
  12. ai..ai, bons tempos aqueles!!!..eu também me lembro disso e ficava horas com os amigos conversando no portão..era tão bom...

    ResponderExcluir
  13. Marci,
    Eu lembro de namorar no portão, hehe, mas isso era oooutros tempos. X-D

    ResponderExcluir
  14. Até hoje, minha mãe e minha avó ficam no quintal da frente em casa. A diferença é que moramos em São Paulo... A unica mudança é tivemos que colocar portões altos, mas ainda assim, é tão gostoso esse momento família!

    ResponderExcluir
  15. Eu ainda faço isso, mas no interiorrr de Santa Catarina. Aqui, além da dos assaltos, todo mundo seria atropelado. O_o

    ResponderExcluir
  16. Gabi,
    Nossa, isso sim é que é manter as tradições! em plena São Paulo!

    Lari,
    Hehehe, e depende muito do interiorrr viu, pois tem uns lugares que eu tbm não encaro. O_o

    ResponderExcluir

Para orçamentos, por favor envie um pedido com maiores detalhes, através do meu e-mail profissional ilafox@gmail.com

Ah, e obrigada pela visita e pelos comentários! :-D

Ila Fox
Ilustradora