quarta-feira, 16 de junho de 2010

A Copa e o Fim do Mundo

invasão extra-terrestre, ilustração by Ila Fox

Calma, não vou falar sobre a escalação do Dunga nem sobre as vuvuzelas do apocalipse. Mas sobre um fenômeno curioso que acontece durante a Copa.

Sou uma pessoa que não liga pra futebol. Não que eu ache chato e desnecessário. Na verdade, a coisa que mais me incomoda é a rivalidade descomedida que toma conta dos torcedores. Parece que para eles não basta torcer, e sim sair na pancadaria, transformando o estádio num campo de guerra. Para mim, este fanatismo das torcidas só se equipara ao extremismo religioso. O que na teoria era para trazer algo bom, só trás violência e caos.

Aí na copa acontece algo engraçado. As pessoas se esquecem destas rivalidades bestas, e o cara que é Corintiano abraça o Palmeirense. O Atleticano torce junto com o Cruzeirense. Parece que na febre da Copa, finalmente descobrem que todos pertencem à uma só nação: Brasileiros! Olha que coisa bonita!

Fico pensando em algo assim, a nível mundial.

O que aconteceria se uma legião extra-terrestre chegasse na Terra querendo nos transformar, sei lá, na nova iguaria do planeta deles? Será que finalmente os países em guerra se uniriam? Será que aquelas diferenças entre raças e religiões acabariam de vez, igual na Copa?

Aguardo a invasão alienígena para acreditar que esta união entre Terráqueos aconteceria de fato. Senão, os ETs estariam mais que certos em nos transformar em petiscos de rodoviária interplanetária.

14 comentários:

  1. Eu, como fã declarado de futebol, também fico muito triste (e preocupad, e decepcionado) sempre que tem brigas de *GANGUES* organizadas. Acho que seria importante se todos -fãs ou não- começassem a entender que TORCEDOR é aquele que vai, torce, xinga, comemora, sofre, volta pra casa e acabou.

    Aqueles que marcam brigas (até quando seus times nem jogam!), matam, fazem sofrer, trazem tristeza, etc., são vândalos, são parte de gangues que merecem ser combatidas.

    Acho uma pena que as pessoas precisem matar e -mais ainda- usar uma desculpa para isso. Religião, futebol, Mac X PC, não importa.

    Pelo lado positivo, é legal viver numa utopia onde, por um mês, ninguém briga, o mundo inteiro se abraça e ficam felizes :)

    Ah! Esse lance de ETs... lembrei da música Geni e o Zeppelin, do Chico :p

    ResponderExcluir
  2. Muito legal o texto Ila! o fanatismo é algo que deveria ser excluido da face da Terra!

    ResponderExcluir
  3. Do jeito que o ser humano é, é bem capaz de começar a vender outros seres humanos aos ETS para ganhar alguma coisa com isso.. :-/


    Ludmila

    ResponderExcluir
  4. Gabriel,
    Acho que quando a pessoa é vazia por dentro e gosta MUITO de alguma coisa, é quase certeza q ela vai se tornar uma fanática. Quando olho pra este povo q invade campo, que tá lá, se achando o próprio gladiador com um pedaço de ferro na mão, eu me pergunto: "será que este cara é feliz ou vive em função disso? acho que se o time dele perder, a honra dele tbm tá indo p ro espaço". Aiai, ser humano é um bichinho complicado mesmo. -_-'

    Nina,
    Vou te dizer que tenho medo de qualquer coisa que seja muito radical viu... O_o

    Ludmila,
    Hahaha sabe q até pensei isso? um lance igual da Africa na época da escravidão. O que vai ter de poderoso mandando sequestrar e vender os outros pros Ets... aiaiai. Meda.

    ResponderExcluir
  5. É verdade, as pessoas ficam mesmo amigas nas copas! O seu desenho tá lindo Ila!!! hihi!

    ResponderExcluir
  6. Num dos episódios do Animatrix acontece isso: todos os humanos se unem contra as máquinas e apanham juntos. :-P

    ResponderExcluir
  7. Helena,
    A gente só não fica amigo do time adversário né? hehe, se bem q tenho um problema, morro de dó de quem está perdendo. :-P

    Ricardo,
    Só falta o gato genéticamente modificado. :-P

    Emerson,
    Ói que união bonita! hehe. Melhor morrer pelo planeta que por um time. :-P

    ResponderExcluir
  8. Tá... O Ozzymandias e seu gatinho geneticamente abichornado, digo modificado, poderiam até aprovar, mas, a união da raça humana seria temporaria: Alguns iriam querer lucrar com venda de seres humanos, outros logo defenderiam que assim como comemos vacas os ets tem direito a alimentação e surgiria uma ong de defesa dos aliens... os que combatem a ameaça logo se dividiriam entre os mais eficientes e os ineficientes...
    Apesar de nescessitarmos fazer parte de uma sociedade, temos a nescessidade de nos individualizar e buscar semelhantes que compactuem com nossas individualidades (mesmo time, mesma religião, mesmo gosto musical)

    Sou mais Rorschach: O mal deve ser punido!

    ResponderExcluir
  9. Edson,
    Este seria o meu medo também, acho que a raça humana tem tendência a se corromper. Bom seria se as pessoas más se dessem muito mal, mas o que vemos são pessoas boas levando uma vida ingrata, enquanto os maus estão lá, curtindo a vida adoidado. Cadê o Rorschach pra dar um jeito neste povo??? :-P

    ResponderExcluir
  10. pois é quando a copa do mundo começa, todos os problemas terminam... não se vê mais falar de dengue, de h1n1, de quase nenhum problema social... como as pessoas são né... espero que esse dia q vc diz nunca chegue, já ke a copa é de 4 em 4 anos, é previsível que td fique bem, mas isso... vai saber... XD

    ResponderExcluir
  11. Sabe Ila, até já montei uma aula sobre a questão das guerras. O título era: "A terrível evolução das guerras". Começamos com a invenção da infantaria pelos gregos e chegamos até a "guerra por controle remoto" do Iraque. Afinal desde que o homem aprendeu a segurar uma pedra, existem guerras. Meus alunos concluíram o óbvio: se todo o dinheiro e tecnologia empregados nas guerras fossem usados para sanar o problema da miséria e da educação mundial, viveríamos em um mundo muito diferente. Nem precisaríamos dos ETs... Mas eu acho que o esporte talvez seja uma saida para a raça humana! Afinal, se um simples jogo de futebol é capaz de juntar tantas culturas diferentes sem que se matem, pode ser um começo! Modesto, mas um começo.

    ResponderExcluir
  12. Ronald Reagan disse algumas coisas nesse sentido. "Eu ocasionalmente penso em quão rapidamente nossas diferenças ao redor do mundo desapareceriam se estivéssemos diante de uma ameaça alienígena de fora desse mundo. E ainda assim, eu pergunto... não há uma força alienígena já entre nós? O que poderia ser mais alienígena para as aspirações universais dos nossos povos que a guerra, e a ameaça de guerra?"

    ResponderExcluir
  13. Ariane,
    Acho que é até mais seguro voar de avião nesta época né? vc não houve falar de desastres neste período de copa, hehe ;-)

    Peaga,
    estes dias vi um vídeo, de um depoimento de soldado em que ele dizia isso. Muito interessante (mas não sei onde está o link! -_-')

    Extremophile,
    Uia, não conhecia o Ronald Reagan, curti. ;-)

    ResponderExcluir

Para orçamentos, por favor envie um pedido com maiores detalhes, através do meu e-mail profissional ilafox@gmail.com

Ah, e obrigada pela visita e pelos comentários! :-D

Ila Fox
Ilustradora