sexta-feira, 15 de junho de 2012

Eu Odeio #27

Eu odeio reforma ortografica, ilustração by ila fox

Eu odeio a nova reforma ortografica!

Teoricamente o objetivo desta frescura mudança é padronizar as normas gramaticais entre países que falam português. Mas pra falar bem a verdade acho que só serviu para complicar nossas vidas mesmo...

Agora não tenho mais a liberdade de escrever um texto sem apelar para o São Google ou para um corretor automático atualizado. Confesso que ainda acho muito estranho escrever autoescola, antissocial, ideia, voo, leem, pinguim... que deceção! (agora o P mudo é facultativo, argh!).

Adeus dicionários que me acompanharam por tantos anos... só de raiva me deu vontade de escrever “Pharmácia”, “Paiz” e “Garôta”!

24 comentários:

  1. eu ainda nao consegui me adaptar a esta nova regra, é como vc disse, se nao fosse o santo google estavamos perdidos..rsrs.. otimo desenho Ila... megaabraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tá complicado mesmo viu... difícil desaprender o que custou anos para fixar. :-P

      Excluir
  2. Hahaha...
    Eu gosto da nova reforma; essa ideia de união ortográfica entre os países deixa meu lado igualitário feliz.
    E eu acho que nada mais é que uma evolução, mesmo. Senão estaríamos escrevendo "êlle é bonito" até hoje. :)
    O único ponto que achei absurdo na mudança ofi a retirada do acento agudo na diferenciação de "para" preposição do "para" verbo... Ficou terrível escrever um texto não ambíguio. :/
    Ah, e admito que ainds estou com algumas dúvidas quanto aos hífens...
    Bjs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, por este lado é interessante mesmo, mas mesmo assim ainda dá muita diferença! as vezes tenho alguns clientes de Portugal, e dependendo dos termos que usam, fica complicado se fazer entender! O_o

      Excluir
  3. Na dúvida eu ainda escrevo tudo pela regra antiga, aquela que aprendi nas minhas grámaticas da escola. Em caso de extrema necessidade mando para um revisor corrigir.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É a força do hábito.. demorei me desapegar dos hífens...

      Excluir
  4. Ila, 'guarda-roupa' continua igual, e 'decepção' não perdeu o P — apenas algumas consoantes mudas usadas principalmente no português europeu e africano, como em 'acto', por exemplo.

    Dito isso, concordo com você: o nova ortografia é um desastre, serve mais para confundir do que unificar. E o texto do Acordo Ortográfico é ambíguo e mal-redigido.

    Enfim, uma dica: há um bom dicionário online e gratuito, já atualizado, em http://aulete.uol.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Cássio,
      Sim, mas o P mudo agora é facultativo, se a pessoa quiser tirar fica certo assim mesmo. Um horror!

      Excluir
    2. Esta nova ortografia é tão confusa que eu podia jurar que o Guarda-roupa tbm tinha mudado! mas ainda bem que não. Troquei por "Autoescola" no texto. ;-)

      Excluir
    3. Ila, o p mudo sim é facultativo, mas na palavra decepção ele NÃO é mudo; nós pronunciamos ele, então ele continua sendo escrito. Assim, ainda escrevemos "decepção". Como o Cássio bem falou, isso afetou Portugal, que escrevia "acto" mas dizia "ato". Eles sim tem que tirar. O detalhe é há outras palavras - essas sim - que eles também consideram mudas, como recepção (que falam receção), mas nós brasileiros ainda pronunciamos o p... Assim como fica agora: como em Portugal ou como no Brasil? Essa reforma foi feita de susto, sem uma reflexão linguística e gramatical adequada, com profissionais dessa área.
      Joel Erthal - Acadêmico de Letras

      Excluir
    4. Valeu pelos esclarecimentos Joel! pra vc ver como esta reforma está confusa... a gente mal sabe onde se aplica as regras. :-P

      Excluir
  5. Não sabia que o P mudo agora é opcional (ocional :P). Acho que não vou me acostumar com essas novas regras por tão cedo :/.

    Ótimo post, Ila :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Del Santana, com estas regras malucas nem tenho certeza mais, hahaha

      Excluir
  6. Até hoje num sei nem a antiga toda, avalie conhecer novas regras!
    kkkkkkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acabei de ler aqui que acontece uma reforma ortografica a cada 30 anos. A Primeira reforma foi em 1943, 1971 e agora em 2009. ou seja, a próxima vai ser lá por 2040! esteja preparado!

      Excluir
  7. Eu nem sei se está na reforma ortográfica mas meu maior desgosto é escrever MuÇarela com Ç!é muito mais bonito com ss! rs!muito chato mesmo! Bjs Ila sou sua fã!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso é realmente estranho... sempre escrevo com SS! O_o

      Excluir
  8. pizza de muçarela?? entrei na página sem opinião formada sobre a reforma. Mas agora eu odeio também.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. P.s.: já se escrevia (ou pelo menos devia se escrever assim ;) ) muçarela com ç ANTES da reforma ;)

      Excluir
  9. Olá Ila. Eu não sou brasileira, cheguei ao Brasil justo em 2009. Já foi dificil pra mim aprender algumas regras, e resulta que as que tinha aprendido já não estão mais =(. "Odeio, materia, horario, ideia"...todas sem acento!!! Aagrr. Mas acho que o pior é o fato de já não existir a trema. Como é que as pessoas no futuro vão entender que deve ser pronunciada a U de "cinquenta" mas não a U de "quente", por exemplo.
    Gostei muito do desenho, eu me senti assim. =D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sabe que esta também é uma preocupação minha? como vão explicar a diferença? :-/

      Excluir
  10. o que acho mais absurdo do cúmulo mesmo, é escrever e fala PresidentA.... u_u" isso não falo e nem escrevo x_x' credo!

    ResponderExcluir
  11. Assino embaixo de tudo o que você escreveu, Ila Fox. O povo não foi consultado antes da tal reforma, e o dinheiro usado nisso poderia, muito bem, ter sido investido em saúde, educação, moradia e emprêgos (isso mesmo: agora retrocedi deliberadamente para a diferenciação entre "emprêgo" e o verbo "empregar", dentre outras!). Por isso que, enquanto vida eu tiver, continuarei escrevendo como aprendi no meu Pré-Primário, Primário, Ginásio, Colegial e Faculdade. Quer dizer que "o objetivo desta mudança é padronizar as normas gramaticais entre países que falam Português"?? Será que os estadunidenses - não uso o termo "norte-americano(a)", vez que México e Canadá também fazem parte da América do Norte - iam aceitar uma "reforma gramatical" para equiparar o Inglês deles ao de seus ex-senhores britânicos? ACORDA, conterrâneos brasileiros, e comecem a se valorizar, ao invés de baixarem a cabeça para tudo!!!

    ResponderExcluir

Para orçamentos, por favor envie um pedido com maiores detalhes, através do meu e-mail profissional ilafox@gmail.com

Ah, e obrigada pela visita e pelos comentários! :-D

Ila Fox
Ilustradora