sexta-feira, 20 de abril de 2012

Foram Anos Incríveis

Anos Incríveis, ilustração, Wonder Years, by ila fox

Não cheguei a acompanhar Anos Incríveis quando passou na Rede Cultura, mas uns tempos atrás eu e Ricbit resolvemos assistir todas as temporadas na sequencia e foi ótimo! mais interessante ainda é ver que apesar da série se passar nos anos 60/70 muito do que foi nossa infância e adolescência estava lá, sendo vivida pelo Kevin Arnold.

Mas de todas as reflexões que a série se faz, a mais legal foi a do último episódio, onde o narrador (representando Kevin mais velho) diz:

"Crescer é algo muito rápido. Um dia você usa fraldas e no outro você vai embora. Mas as memórias da infância permanecem com você. Lembro-me de um lugar, uma cidade, uma casa como várias outras casas, um quintal como vários outros quintais, em uma rua como várias outras ruas. E o fato é que, após todos estes anos, eu ainda olho para trás e penso: foram anos incríveis."

E se você ainda não assistiu a série, faça como eu e tire esta mancha do seu currículo pessoal e assista! vale a pena.

16 comentários:

  1. Caraca..... por um instante, minha infância passou como um filme em minha memória ao ler esta fala do Kevin...

    Erik

    ResponderExcluir
  2. Oie,

    Eu também nunca assisti essa série, e só conheço por nome,acho, hehe.
    Quem sabe se eu me identificar eu assisto.
    ;)

    ResponderExcluir
  3. Adoro essa série. Assisti quando pequena com meu pai e agora estou revendo na ordem com o namorado. Estamos na terceira temporada. ADOREI! =*

    ResponderExcluir
  4. Oi Erik,
    Esta frase é muita linda mesmo!


    Oi Tami,
    Assiste sim, bem legal!

    ResponderExcluir
  5. Oi Michelli!
    Muito legal, eu e Ricardo ficávamos trocando experiencias de acordo com a série, hehe

    ResponderExcluir
  6. Nossa, onde vc conseguiu ver a série? Saiu o box?

    ResponderExcluir
  7. Oi Claudio,
    Não existe o box da série, infelizmente, diz que por ter muitas musicas eles tiveram problemas com o licenciamento para o DVD algo assim...

    ResponderExcluir
  8. Poxa, eu cresci vendo essa série. Eu envelheci junto com o Kevin. Foi muito legal. A gente, lá em casa, via todo dia (semana? Não lembro mais com que frequência passava).
    Li o post com a musiquinha de abertura tocando na cabeça :D

    ResponderExcluir
  9. Oi Deborah,
    Acho que passava todo dia, pois eu assistia Castelo Ratimbum depois. ;-)

    ResponderExcluir
  10. Eu assisti na época (e também assistia Castelo Rátimbum).
    Gostava tanto que assistia e gravava no vídeo cassete (lembra? rsrs )pra poder assistir de novo.
    Minhas irmãs e eu decoramos algumas das falas e essa frase que você transcreveu foi uma delas.
    Também cantávamos a música da abertura no nosso Inglês "sofisticado": "uah tchutchutchu...." ahahah

    ResponderExcluir
  11. vigi faz muitas eras que não assisto TV e nem séries de Tv, acho que a última série, e ainda era anime, antiga que assisti pela internet foi o Musashi no Ken, que também passa muitas boas mensagens pra quem assiste, assim como essa que você colocou. Quem sabe não procuro pra ver depois ^^'

    ResponderExcluir
  12. Oi!!

    Meu irmão gravou m VHS a série toda.É umas das minhas prediletas.Ate hoje quando posso mato a saudade.Fora a série não posso deixar de citar a trilha sonora é de primeira.

    Bjos e Sucesso sempre!

    ResponderExcluir
  13. Legal, também não perdia nenhum episodeo...Bons tempos em minha vida e bons tempos na TV CULTURA quando tinha dinheiro pra fazer até O CASTELO RATINBUM... o curioso que passava mais ou menos nesta hora...

    ResponderExcluir
  14. Oi Alessandra,
    Sei sim, Uahhhh ua tchuduuuu!


    Ariane,
    Eu tbm não tenho muuuita paciencia pra série não... mas dessa eu curti, nostalgica...

    ResponderExcluir
  15. Cacau,
    A trilha é ótima mesmo!


    Oi Rodrigo,
    TV Cultura foi meu canal favorito na infancia

    ResponderExcluir
  16. E até hoje quando ouço a música-tema, bate aquela nostalgia!

    Saudade de algo que não se sabe explicar.

    Um aperto no peito por um tempo que não volta.

    Algo que só quem viveu saberá descrever.

    :)

    ResponderExcluir

Para orçamentos, por favor envie um pedido com maiores detalhes, através do meu e-mail profissional ilafox@gmail.com

Ah, e obrigada pela visita e pelos comentários! :-D

Ila Fox
Ilustradora