quarta-feira, 28 de março de 2012

Desafio #28 - Qualquer coisa que eu gostaria


30 Day Drawing Challenge, anything you like, Desafio dos 30 dias de desenho, qualquer coisa que eu gostaria, trabalhar de casa, ser freelancer, by ila fox
Este aqui vai ser um “Eu Adoro #27” disfarçado! hehe

Antes de falar sobre algo que eu gostaria, deixa eu contar sobre um episódio da minha vida:

"O ano era de 2006, naquela época eu tinha que acordar as 6:00 da manhã para dar tempo de chegar ao trabalho as 8:00 em ponto. Mas choveu - e como choveu - naquela noite. A energia deve ter oscilado, meu relógio não despertou e acabei perdendo o ônibus. Tive que pegar um moto-taxi que era o que meu bolso permitia. Cheguei no trabalho atrasada e ensopada. Meu chefe me olhou com cara de desaprovação e anotou meu atraso. Passei o resto do dia com frio, chateada e frustrada com o mundo (e aguentando piadinhas machistas). Olhava pra tela do computador e não tinha o menor tesão pelo meu trabalho. O dia se arrastava... faltando 5 minutos para ir embora, a notícia: teria que ficar até mais tarde para ajudar na edição do ultimo catálogo. Ufs! No ônibus, finalmente voltando pra casa, pensei no quanto eu gostaria de ter uma rotina diferente daquela."

Conto esta história, pois não me lembro de nada que eu tenha desejado tanto quanto poder trabalhar de casa, fazendo o que gosto, e sendo reconhecida por isso. Assim sendo, eu gostaria de poder ter saúde o suficiente para continuar com esta rotina por muitos e muitos anos, pois amo o que faço!

64 comentários:

  1. Oi Tami,
    Trabalhar de casa tem tantas vantagens que fica até difícil citar aqui.
    Até entendo que nem todo mundo quer se arriscar numa carreira freelancer, mas muitas empresas permitem trabalhar remotamente (de casa). Mas infelizmente muitas empresas ainda tem aquela ideia tacanha de que funcionário bom é aquele acorrentado na mesa, trabalhando na frente dele, hehe.

    ResponderExcluir
  2. Oi Tami,
    Ai que vida né? :-(
    Tem empresa que trata muito bem, mas a grande maioria tá pouco se lixando pro funcionário.

    ResponderExcluir
  3. oq esta me fazendo mudar de vida e ter meu próprio estudio de criação é ter que aguentar humor de "patrão" , o escritório ja fica aquele climão quando ele entra na empresa !
    não tem nem 1 mês que de fato montei minha estrutura e ja tenho trabalho o suficiente para trabalhar a semana inteira em casa , acredito q até o final do ano vou ter saído do emprego!
    ;D

    ResponderExcluir
  4. Oi Ila, muitos aqui se identificam com vc sabia? Ninguém merece essa vida. No meu trabalho é exatamente assim. Penso em ser um artista independente também, parabéns pelo seu 9 de julho. Onde conseigo contrato para fazer trabalhos para clientes como você? Consigo baixar em algum site algum modelo?

    Um bjão.
    Clara Dulce.

    ResponderExcluir
  5. Oi Beto,
    Nossa, que notícia boa heim??? parabéns pelo grande passo! vai ser uma mudança na sua qualidade de vida! :-D

    ResponderExcluir
  6. Oi Clara Dulce!
    Infelizmente é algo muito comum... claro que já trabalhei e conheço empresas maravilhosas, mas é algo tão raro... :-(

    Ah, no site da SIB tem vários modelos de contrato - http://www.sib.org.br/orientacao-profissional/

    No mais indico um post que já fiz sobre ser ilustrador onde eu cito muitos links interessantes - http://www.ilafox.com/2011/09/como-ser-um-ilustrador.html

    ResponderExcluir
  7. O seu blog é uma grande inspiração! adoro quando você fala sobre sua profissão, a paixão que você tem!

    Como estou na posição de "chefe" tenho que comentar que trabalhar de casa não é pra qualquer um, é preciso muita dedicação e disciplina, coisa que infelizmente muitos profissionais não tem!

    Mas tenho reparado uma tendencia nesta área. As grandes cidades não tem comportado tantos carros, e isso tem virado um grande problema para qualquer empresa que prefere trabalhar remotamente!

    ResponderExcluir
  8. Já passei por isso. Sempre quis não ter obrigação de fazer nada por outras pessoas a não ser pessoas que fossem importantes para mim (leia-se família e poucos amigos próximos). Meus empregos nunca foram muito felizes, nunca senti estar fazendo algo produtivo e pessoal, nada que eu realmente quisesse fazer. Que bom que você conseguiu realizar seu sonho de ter reconhecimento e prazer fazendo o que ama. :)

    ResponderExcluir
  9. Oi Maria Helena,
    Sim sim, é muito fácil se distrair em casa, a pessoa tem que se policiar muuuuito. Se não tiver disciplina é fácil esquecer da vida navegando na internet, hehe.

    Também penso sobre este lance dos carros... o transito está cada vez mais louco, e acho que pro funcionário que mora do outro lado da cidade acaba sendo muito cansativo fazer o trajeto, e já chega no trabalho num stress ferrado, o que deve atrapalhar no rendimento. :-/

    ResponderExcluir
  10. Oi Lolla,
    Nossa, muito ruim... É pior que comer sem estar com vontade, difícil de engolir! hehe :-P
    Aliás, não sei se vc trabalha com isso ou só faz por hobby, mas acho que você leva tanto jeito para scrapbooking! adoro seus recortes e colagens, tão femininos e coloridos... :-D

    ResponderExcluir
  11. Ei Ila,

    sei bem como e trabalha em algo q a gente nao gosta. Trabalhei 2 anos 7 meses no CTI de um hospital,o pior lugar onde alguem pode trabalhar. No começo desse nao aguentei mais (isso pq fui a q mais tempo ficou, no q eu fazia as outras antes de mim aguentaram no maximo 6 meses). Como acredito que não adianta ficar reclamando da vida e não correr atras. Aproveitei minhas férias agora em março e pedi estagio em uma agencia aqui... NÃO VOU VOLTAR MAIS PARA O HOSPITAL rsrs.. me chamaram pra trabalhar aqui. Nem estou acreditando além de não precisar mais acordar de madrugada estou fazendo o q amo e aprendendo muito.

    ResponderExcluir
  12. Oi Paty,
    Nossa, trabalhar em hospital deve ser hardcore heim? mas está certa, reclamar da vida e ficar sentadinho esperando que algo caia do céu é uó! e que bom que está feliz na agência, que tenha ótimos processos criativos e seja valorizada por isso! :-D

    ResponderExcluir
  13. Faço minhas as palavras de todos os comentadores acima ^^
    Outra coisa que mata é o tempo perdido. Eu to ficando louca pensando em todo o tempo que eu perco por ter que trabalhar fora. É coisa de 3 horas por dia, só com ônibus. E mais, o tempo ocioso no trabalho, quando não tem serviço, e que eu não posso usar para coisas pessoais. Eu tento compensar lendo livros, e fazendo pesquisas nesse tempo perdido, mas é frustrante pensar que eu poderia estar rendendo muito mais se ficasse em casa...
    Eu sonho com o dia em que poderei abrir meu ateliê de costurinhas e bonecos, e fazer só isso da vida. Mas por enquanto, o que eu ganho com isso não é suficiente para me manter :\

    ResponderExcluir
  14. Ei Ila,

    foram os anos mais loucos da minha vida vi coisas que so tinha visto em filmes e coisas que nem em filmes passa O.o..mas foi uma experiencia, uma experiencia pela qual nao quero mais passar. Obrigada, vc e seu blog me servem de inspiração.

    ResponderExcluir
  15. kkkk Tb passei uma dessas,só posso te dizer que aproveite o máximo,vc agora pode trabalhar em casa.Vc com certeza fez por merecer.Parabêns,adoro esses seus posts de desafios.rsrsrs...

    ResponderExcluir
  16. Oi Deborah,
    O tempo perdido é muito frustrante mesmo! eu tentava compensar lendo alguma coisa no ônibus, e se fosse algum emprego que eu fosse a pé, pensava "pelo menos estou fazendo uma atividade física", hehe.

    Este negócio de ficar ocioso no trabalho era algo que me incomodava muuuuito, pois odeio ficar parada (fora que o tempo passa mais devagar ainda). Tinha época que o trabalho estava devagar quase parando, e pra piorar a internet da empresa era bloqueada! livro? nem pensar! música? não! conversar? menos ainda!

    Eu organizava e reorganizava a minha mesa infinitas vezes ao dia. E quando eu cansava, abria um arquivo qualquer e ficava o tempo todo fingindo que trabalhava. Horrível né? :-(

    ResponderExcluir
  17. Oi Paty,
    :-D

    Oi Jenifer,
    Obrigada! com certeza eu aproveito e me dedico muito para continuar assim! :-D

    ResponderExcluir
  18. Maya Marrawa28 março, 2012

    Oi Ila!!!
    Sabe que assim como a Tami eu estive
    um tanto perdida na faculdade, eu não queria trabalhar em agência queria fazer algo que me fizesse feliz e útil, em uma das minahs epsquisas de conteudo encontrei seu blog e pensei que seria legal fazer algo assim, então no fim do ano passado surgiu minha primeira proposta de freela para ilustrar um livro didático voltado para educação do campo a principio pensei que eu seria meio relaxada com o trabalho por nunca ter feito nada por conta, mas não é que consegui administrar minha casa, estagiar e fazer 30 ilustrações para o livro, e ao termino deste trabalho me senti inteira e pronta pro que der e vier, fui assinar o contrato na editora e eles me mostraram tudo, trabalhos de outros ilustradores as equipes de pesquisa, tudo. Eu me surpreendi com a minha vontade de trabalhar nesse projeto e me encontrei...
    Agora só preciso fazer muitos cursos e me aprimorar cada dia mais. =)
    Desenhar mecheu tanto comigo que meu trabalho de conclusão de curso será uma animação, ou seja tenho muito trabalho pela frente, ainda mais agora que a editora me chamou denovo para ilustrar um material de educação no transito =).
    Como todos dizem aqui vc é uma fonte da qual nós bebemos todos os dias. Mto obrigada =)

    ResponderExcluir
  19. Maya Marrawa28 março, 2012

    Outra coisa:
    Eu vim do interior para morar em São Paulo e nunca adimiti perder a minha qualidade de vida, no principio sofri d+ não tinha casa, não tinha nem onde guardar minha roupa...Trabalhei em academia, restaurante japones, importadora de componentes eletronicos, contabilidade e etc...
    Mas eu tinha um foco:ter qualidade de vida.
    Hj eu demoro meia hora pra chegar no trabalho, pego um onibus vazio tanto para ir quanto pra voltar, moro perto de tudo. A credito que se a gente tem foco a gente consegue, msmo que demore, msmo que vc sofra (quantas vezes eu chorei por não ter noção do que vinha pela frente)tudo uma hora chega. =)

    ResponderExcluir
  20. Oi Tami,
    Nossa, o sono era uma coisa terrível... haja cafézinho (e olha que nem ligo muito pra café). :-P

    Oi Maya,
    Nossa, que bom! legal que você está indo para a área editorial. O que é ótimo que serve pro pessoal ver quantas opções existem na nossa área né? os desenhos estão em todos os lugares, das embalagens de shampoo até livros! sucesso pra você!

    ResponderExcluir
  21. Pois é Ila, passei a mesma coisa...Levei uma chuva tãoo grande,fiquei ensopada..Cheguei no setor que era friiioo (um laboratório de células troncos) fiquei mega gripada,chateada e doida para ir para casa!!!

    ResponderExcluir
  22. Oi Ila, que bom que conseguiu realizar seu sonho...mas ontem eu te perguntei se você já fez ilustração pra livro, não é que eu queira fazer, acho que vc entendeu errado. Apenas curiosidade porque como vc é ilustradora e eu vi seu blog quase todo e não vi nada referente a livros.
    Um grande abraço e desculpe a curiosidade e chatice

    ResponderExcluir
  23. Oi Apaixonante (ai que engraçado chamar assim, hehe)
    Pior aquelas chuvas que nem guarda-chuva segura sabe? me lembro de deixar minhas meias secando atrás do gabinete para poder ficar com o pé seco e quentinho. :-P


    Oi Antony,
    Já fiz uma ilustração ou outra pra livro sim, mas alguns eu não exponho no blog pois os livros ainda não foram lançados.

    ResponderExcluir
  24. Acho engraçado, seu marido não trabalha registrado ou é contrato?Creio que deva ser estressado mas compensa o salário no final do mes , certo?Dúvido que largaria um bom salário e beneficios pelo incerto de ser free.Por isso acho que ser free sem tem um apoio financeiro (ois todo free passa por isso, mes de caixa baixo, sei porque já fui um também)é muito difícil, temos que ter uma garantia tipo dinheiro guardado, um pai pra ajudar, um marido ou esposa que tenha um emprego que na nossa hora de sufoco eles possam suprir. A realidade é bem diferente principalmente em nosso pais, que as pessoas tb não dão valor a free uns acham que quem vive dissofaz bico...é absurdo mais éa realidade. Acho que pra ser free como já disse precisa de uma outra segurança por trás.

    ResponderExcluir
  25. Oi Antony,
    Meu marido é contratado sim, mas o que ele acha melhor pra ele é diferente do que acho melhor pra mim.

    E me desculpe a franqueza, mas por acaso vc sabe o quanto eu ganho para pensar que eu preciso da ajuda de alguém? E pode acreditar, nenhuma empresa de carteira assinada com salário fixo chega na altura do que alcancei sendo freelancer, tanto financeiramente quanto profissionalmente.

    Aliás, esta história de que ninguém valoriza profissional freelancer é bullshit. Mais fácil a gente conseguir se fazer valorizar sendo freelancer do que esperar que algum chefe te valorize mais por isso.

    ResponderExcluir
  26. Senti uma certa invejinha neste Antony ai heim?? hauhaua

    Adorei a resposta Ila, quem as pessoas pensam que são para julgar a maneira que a gente leva a vida? e mesmo que você dependesse do seu marido o que ele tem a ver com isso? tanta gente nem trabalha pra viver as custas dos outros e você claramente está ai batalhando e se destacando!

    Achei ele bem inconveniente!!

    ResponderExcluir
  27. Oi Nina,
    Hahaha sem comentários né? é que tem gente que não consegue se garantir nesta área e daí acha que a vida funciona da mesma forma pra todo mundo, tsc tsc... :-P

    ResponderExcluir
  28. Oi Tami,
    Né? lembro que minha hora do almoço era a válvula de escape. Hora de relaxar, conversar, andar, tomar um ar... o duro mesmo era chegar em casa esgotada, sem animo pra nada... :-(

    ResponderExcluir
  29. Eu apenas disse o que acho, não tenho essa mentalidade infantil de inveja, recalque , sei la´o que.Nem trabalho com desenho sou biologo e no momento estou em casa recuperando de uma cirurgia .Não pensei que fosse causar tanto furor, eu nem quero saber quanto ganha. Apenas comentei que ser free é instável sim, é o que eu acho (por experiencia já fui free e bem competente por sinal Graças a Deus)e tenho amigos ilustradores de ótima qualidade que não estão conseguindo fechar bons contratos, apenas uns trabalhos e outro, inclusive um continua free e arrumou emprego no estudio do Mauricio de Souza. Outra não puxei saco de carteira assinada, chefes e etc. Repito eu apenas disse minha opinião, ou será que expor o que a gente pensa não pode por aqui?E outra não é nada demais ter uma assessoria de um marido ou parente quando precisamos porque nessa vida nós precisamos uns dos outros seja em todas as áreas como a financeira, muitas vezes.Ou será que vc e seu marido não compartilham a mesma coisas, ou seja juntam as rendas?Não me leve a mal novamente.

    ResponderExcluir
  30. Oi Antony,
    Ser freelancer é instável sim, mas só até certo ponto, depois que você se estabiliza na área não faltam clientes. Assim como quando alguém abre uma empresa e precisa de um tempo para conquistar sua freguesia, etc.
    Concordo que precisamos um dos outros, mas acho que principalmente na parte emocional, e neste ponto o Ricbit foi essencial pois ele me incentivou a correr atrás do meu sonho.



    Oi Tami!
    Uma coisa que aconselho é não largar emprego para cair de cara na vida freelancer que a chance de ficar no prejuízo é grande (a não ser que você tenha uma reserva guardada pro começo). O mais recomendável é trabalhar enquanto os clientes vão conhecendo seu trabalho. Até o dia que as encomendas superarem o seu salário, no meu caso demorou 8 meses. ;-)

    ResponderExcluir
  31. Eu sei ila, mas vc não concorda que as vezes é complicado pra ilustrador viver somente fazendo trabalhos pra pessoas fisicas, precisa alcar grandes voos, como campanhas publicitárias, livros revistas tudo,por isso já vi muitos se matando, procurando agencias e estudios pra conseguir isso, se não era saldo vermelho..

    ResponderExcluir
  32. Oi Antony,
    Então, aí que está o erro. Nem todo mundo faz questão de virar uma "franquia multinacional do ramo alimentício". Tem gente que está feliz e realizado vendendo "cachorro-quente de carrinho", e acredite, levando uma vida confortável e sem grandes preocupações. Entende o que eu quero dizer? ;-)

    A verdade é que cada um acaba escolhendo o ramo que mais agrada. Lembrando que existem diversas áreas que um ilustrador pode atuar: editorial, científica, moda, animação, jogos… ou seja: tem espaço pra todo mundo!

    Já falei mais sobre isso num outro post: http://www.ilafox.com/2011/09/como-ser-um-ilustrador.html

    ResponderExcluir
  33. Muito bom e entento sim e concordo.
    Sobre o emocional é importante também é claro, precisamos de pessoas que nos ajude em todas as areas e essa é super importante, que bom que encontrou uma pessoa que te ajudou , te apoio e etc. Bem boa sorte pra vc aí e se acredita em Deus (até isso eu pergunto antes, pois tem gente que não acredita e eu respeito)fique com ele.Até !

    ResponderExcluir
  34. Oi Tami,
    Está certa, o importante é ter uma estratégia e começar. ;-)

    ResponderExcluir
  35. meu sais essa tami é uma mala e invejosa só fica se vendo na ila, sai olhão kkkkkk so fala, fala começe logo o que quer fazer minha fia

    ResponderExcluir
  36. Oi Dani,
    Me desculpe, mas mala é quem julga os outros sem conhecer viu? >:-/

    ResponderExcluir
  37. Admiro pessoas como você que correm atrás dos seus sonhos mesmo com os riscos todos que envolvem. Confesso que não sou destemida como você não teria coragem de abandonar meu trabalho de carteira assinada. Mas invejo quem é livre para trabalhar de casa sem acordar compressa, sem pegar transito e estress de chegar no horario.

    ResponderExcluir
  38. Oi Rafa,
    Obrigada, sei o quanto é difícil sair da segurança de um emprego comum. Mas admito que nada se compara a trabalhar de casa, acho bem mais gostoso. ;-)

    ResponderExcluir
  39. Tatinha ^^28 março, 2012

    E como vc consegue arrumar clientes assim, pois acho que tem todos podem pagar ilustrações e caricaturas e um produto caro. Já vi por 80,00 e achei um pouco caro.Tem que divulgar muuuito e fazer uma propaganda, né? e o famoso boca a boca creio que é bom.Como é isso tudo?

    ResponderExcluir
  40. Oi Tatinha,
    Eu não procuro os clientes, eles que me procuram. O segredo é usar a internet a seu favor, ela é nossa melhor vitrine. ;-)

    ResponderExcluir
  41. Eu estava ate Dezembro no meu emprego de 5 anos de aux adm...nao eh o q eu qeria p resto da vida, e nem me deixa cm boa estabilidade financeira..mas nao me chamavam pra nenhum outro emprego :/..entao ficava la..isso fco durante 5 longos anos...

    Houve aconetcimentos tragicos na minha vida e eu tomei uma decisao, tinah que ser uma ves por todas independente...
    Pedi para o meu chefe me demitir... e agora desde janeiro comecei uma nova rotina, trabalhar em casa.
    Consegui so agora em março meu computador e internet, e agora cm a tablet vo começar a organizar meu portfolio e enviar meus trabalhos!FAZER CONTATOS E APRENDER NOVAS TECNICAS.

    Ja fiz alguns testes e alguns trabalhos que farie por menos horas em casa e ganharei mais do que ganhava no meu antigo emprego.

    Estou aprendendo a administrar meu tempo ainda, pois agora tenho q fazer tudo em casa, lavar roupa, arrumar a casa, limpar, cozinhar, fazer comida ,buscar a filha na escolinha....

    Ja consegui retornos positivos referente a contatos e a novos trabalhso e espero que de tudo certo.
    Quero ganhar o suficiente p ser independente e me sustentar sozinha e pagar uma faculdade.

    Eu estou a base do seguro desemprego,mas fazendo uns trabalhos aqui e ali eu consigo me manter, mas nao vou ficar so nisso, espeor conseguir em breve trabalhos bons para pagar todas as contas.

    É fdificl sim vc ir nessa carreira sme ter um caixa claro,um dimdim guardado, mas serio eu nao tenho, mto menos casa..eu pago alugel condominio,,compras de casa..sei que vou conseguir!

    Nao adianta reclamar que nao tem emprego pq se voce nao faz por onde,nunca via conseguir, tme que investir em um bom portfolio, conversar com mais ilustradores e se aperfeiçoar.

    Estou longe ainda de ser o que eu quero,mas nao vou desistir!=D

    ResponderExcluir
  42. Oi Jeannye,
    Olha que se depender da sua garra você tem futuro garantido viu? negócio é ter disciplina e ser profissional, o resto é consequência. ;-)

    ResponderExcluir
  43. legal ila e vc domina todas astecnicas digitais? meu irmão tambem desenha mais so a mão livre, nã sabe nada de arte digital :(

    ResponderExcluir
  44. Oi Tatinha,
    Como assim dominar todas as técnicas digitais? acho que a técnica digital é uma só: digital! hehe. Claro que a pessoa pode simular muitas técnicas convencionais... mas daí não sei se domino, mas sempre estou aprendendo uma coisa nova (este desafio mesmo foi ótimo pra isso).

    ResponderExcluir
  45. Tipo photoshop, corel, illustrator esse programas de desenho...nhe não expliquei direito :P
    To vendo meu irmão tentando e tá dificil hein

    Tatinha

    ResponderExcluir
  46. Oi Tatinha,
    Então, acho meio difícil um ilustrador saber usar tooooodos os programas gráficos... a gente sempre acaba se apegando mais a um, até para se aperfeiçoar. Eu mesma uso só 3: Adobe Photoshop, Paint Tool SAI e Art Rage.
    Se o seu irmão está com dificuldades, fala pra ele fazer um curso, sempre ajuda.

    ResponderExcluir
  47. Eu vi esse desfio no blog shampoo, vo ce conhece? a menina de lá também é muito boa igual a voce, meu irmão se empolgou, ele tem so 13 e ainda chega lá, mas desenha muito bem, principalmente chibi
    Tatinha

    ResponderExcluir
  48. Oi Tatinha,
    Hmmm, não conheço este blog não... mas sei que muita gente está fazendo ou fez este desafio. Recomendo. ;-)

    ResponderExcluir
  49. Bom, já vi um menino usar esse art rage, po é maior dificil , hein, + muito legal mesmo...vc se no youtube tem tutorias bons que ensinam pintar fazer sombras, luz no photo?Quero incentivar meu irmão que as vezes fica desanimado por nã saber usar esse programa.
    Tatinha

    ResponderExcluir
  50. art rage da aspecto que foi pintado a mão tipo pitura a oleo, aquarela acabei d e ver he,he.Ja to enchendo daqui a pouco vão me chamar de chata igual fizeram com atami , tadinha
    Tatinha

    ResponderExcluir
  51. Oi Tatinha
    Não sei indicar nenhum vídeo em especial... mas no site da Revista Photoshop Creative tem alguns legaizinhos - http://www.photoshopcreative.com.br/

    ResponderExcluir
  52. Valeu ila, só mais uma pergunta 0.O
    O photoshop é mais facil de aprender (pra iniciante)ou o art rage é mais fácil?Agora não pertubo mais
    Tatinha

    ResponderExcluir
  53. Oi Tatinha,
    Acho que não tem esta de mais fácil, pois é tudo prática. Mas eu iria pro Photoshop pois é mais fácil de encontrar tutorial mesmo.

    ResponderExcluir
  54. É uma pena vc ter se sujeitada a este tipo de vida e emprego...Muito fácil falar que ser empregado dos OUTROS é bom com dindin no final do mês,estabilidade e um ótimo ambiente de trabalho.Mas isso só ocorre em poucos empregos,para uma grande maioria é empregos do tipo que tu comentou.

    Sou TÉCNICO/ENGENHEIRO ELETRÔNICO e já tive gerente que falou que achava pessoas como eu em qualquer esquina...

    Atualmente sou empregado,dá vontade de largar tudo mas tenho medo em me dar mal...

    ResponderExcluir
  55. Oi Rodrigo,
    Sabe o que é pior? é que imagino que pelo menos (estou chutando baixo) uns 80% da população que trabalha de carteira assinada já enfrentou ou vai enfrentar este tipo de situação. :-/

    Daí a empresa fica naquela "Não queremos que sua vida pessoal interfira na vida profissional!" mas eles estão pouco se f*dendo quando é o contrário. :-P

    ResponderExcluir
  56. O que dói mesmo é que espalham aos QUATRO VENTOS que falta profissionais na minha área e eles estão supervalorizados...
    Acho que isso ocorre devido a herança cultural escravidão/servidão e o empregado "deve" ser maltratado...

    ResponderExcluir
  57. Concordo com tudo por aqui..veja eu faço meus desenhos por encomenda (não são tantos porque não domino muitas tecnicas, ainda faço tudo no ilustrator e uso pouco photo(mas esse ano pretendo aprimorar no photo)..é mais como um complemento, porque meu trabalho pesado, que entra o bruto $$ mesmo é as confecções que trabalho como gestora, faço mil coisas nelas e compensa apesar de aturar clientes as vezes dificieis ,me fazem lembrar a epoca que tinha chefes. Agora mesmo estou em outra cidade em um cliente, agora descansando no bar com wi-fi por isso estou aqui. Não é fácil ser free e no meu caso que ainda tenho que pagar as "burrocrácias" ou seja as dores de cabeça de se ter cnpj... Meu sonho mesmo era virar funcionária da Casada Moeda, fiz o concurso para técnico gráfico pra cadastro de reserva a 4a nos atrás. O que aconteceu? Passei , mas o concurso já foi anulado. Totalmente frustante...esses m. acho que só querem nosso dinheiro, nem sei se tentarei outra vez. Vc fica feliz por passar pensando que um dia de chamarão e vem e puxam seu tapete. Não é mole! Nossa menina, esse assunto aqui rendeu, hein.Um abraço, Ila e desculpe a falação

    ResponderExcluir
  58. Oi Patricia,
    Nossa, sério que eles podem fazer isso?? fazer um concurso e anular depois que todos prestaram? sacanagem heim! aposto que o dinheiro da prova ninguém devolve! :-/

    ResponderExcluir
  59. Devolver? Ha,ha, é ruím hein, poi é come nosso dindin e nos arranca nosso sonho. Isso aconteceu com vários orgãos público que abriram concurso, o povo passa as vezes nem é pra cadastro de reserva com o meu...passa uns 2 anos eles anulam e fazem outro. E o povo que passou está esperando, não chamam, e pior inventam mil histórias pra esse ocorrido. Na epoca desse que fiz ca casa da moeda, algumas pessoas entraram na justiça pra reaver seu direito de vaga. É muita sacanagem vc já faz pra cadastro ou seja tem que esperar alguem se aposentar ou outro motivo, pra ganhar a vaga no orgão , mias a gente fica com aquela esperança, "um dia me chamam" mas aí te tomam a vaga antes mesmo de receber , é uma droga, viu

    ResponderExcluir
  60. Oi Patricia,
    Argh, tinha que ter uma lei pra isso não acontecer "Só faz concurso se tiver vaga!" :-/

    ResponderExcluir
  61. Também acho, mas o pior que acontece as vezes com vaga fixa também, ja´vi gente passar tinha vaga e nada de ser chamado, vá entender. Acho tem que ter QI também pra ser funcionaro publico as vezes. Na epoca da ditatura vc entrava assim com QI, muitos parentes meus viraram funcionarios publicos assim, com o famoso pistolão. Horrível! Hoje em dia é assim ainda(eu acho) ou tirar na sorte, Deus te ajuda mesmo...bem vou indo, uma boa noite e bom serviço aí pra vc

    ResponderExcluir
  62. Clap, clap, clap, clap, clap, clap.... Eu tenho que bater palmas /o\ Adorei suas explicações àqueles que tentaram t perturbar e vim desejar cada vez mais feliciadade pra vc continuar cheia de ideas, ilustrando ^^ Bjos

    ResponderExcluir
  63. Oi Maira,
    Hahaha obrigada! :-D

    ResponderExcluir
  64. Maya Marrawa29 março, 2012

    Oi Ila como a Patricia disse esse tipo de coisas acontece em concursos publicos sim, tenho um tio que passou em primeiro lugar no estado de sp para guarda florestal, nunca chamaram ele e ainda extinguiram o cargo pode isso?! O cúmulo né. =*

    ResponderExcluir

Para orçamentos, por favor envie um pedido com maiores detalhes, através do meu e-mail profissional ilafox@gmail.com

Ah, e obrigada pela visita e pelos comentários! :-D

Ila Fox
Ilustradora